Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Investigação

Polícia conclui que homicídio no Progresso teve motivação passional

Foto: Reprodução/Facebook

Carlos Rogério Brandão tinha 20 anos

O ciúme foi o motivo de um assassinato ocorrido este mês em Santa Cruz do Sul. Essa é a conclusão de um inquérito de 82 páginas remetido ao Poder Judiciário na tarde de ontem pela Polícia Civil. O crime aconteceu na madrugada de 14 de fevereiro. Carlos Rogério Brandão, de 20 anos, foi alvejado com dez disparos de pistola calibre 380.

A investigação da 2ª Delegacia de Polícia identificou que a vítima passou a noite de sábado para domingo em uma casa da Rua Lauro Eni Alves da Silva, no Bairro Progresso. Brandão estava no imóvel com três amigos. “Por volta das 3 horas da madrugada, o autor invadiu essa residência, que era de um amigo da vítima, e disparou contra ela. As outras pessoas que estavam lá conseguiram escapar ilesas”, explicou o delegado Alessander Zucuni Garcia, titular da 2ª DP.

LEIA MAIS: Homem é assassinado com dez tiros em Santa Cruz do Sul

Segundo Garcia, o autor dos disparos tinha um envolvimento amoroso com uma moradora do bairro. Em determinado momento, houve uma separação breve entre eles. Nesse meio-tempo, porém, a vítima teve um rápido relacionamento com a mesma mulher. “Esse fato não foi aceito pelo antigo companheiro, que cometeu esse homicídio movido pelo ciúme”, salientou o delegado titular da 2ª DP.

Carlos Rogério Brandão foi encaminhado com vida por familiares à UPA Esmeralda, de onde foi transferido ao Hospital Santa Cruz (HSC). Chegou apresentando parada cardiorrespiratória. Os médicos e enfermeiras tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu ainda na madrugada, na casa de saúde. Como a vítima foi socorrida, não houve perícia na cena do crime.

Entre os documentos utilizados para embasar o inquérito está um laudo médico emitido pelo HSC, em que consta que a vítima morreu em virtude de ferimentos por arma de fogo, sendo atingida no crânio, tórax, abdômen e membros. Seis testemunhas também foram ouvidas ao longo das investigações.

LEIA TAMBÉM: Nos primeiros 45 dias do ano, Santa Cruz registra quatro homicídios

Brigada prendeu o suspeito no Beckenkamp

A Brigada Militar (BM) foi chamada para atender a ocorrência na madrugada do crime. Policiais da Força Tática (FT) colheram informações com testemunhas e identificaram a autoria dos disparos. O acusado, após o homicídio, saiu do local em uma motocicleta Honda Biz vermelha, que seria de sua ex-companheira.

A guarnição fez buscas e localizou o atirador trafegando na motocicleta indicada, próximo de sua casa, no Loteamento Beckenkamp, Bairro Dona Carlota. Ele foi identificado e preso em flagrante. Tem 23 anos e estava na condição de foragido do sistema prisional, por ter rompido a tornozeleira eletrônica há quase dois meses. Ele possui antecedentes por furto e roubo.

LEIA TAMBÉM: Assassinato no Arroio Grande foi vingança por crime ocorrido há 22 anos

No bolso de sua bermuda foi localizado um carregador de pistola calibre 380, com duas munições intactas. Os PMs deram voz de prisão ao suspeito e o conduziram ao HSC para realizar exame de lesões e, em seguida, à Delegacia de Polícia de ProntoAtendimento (DPPA), onde o delegado Alessander Zucuni Garcia lavrou o auto de prisão em flagrante.

BM encontrou carregador de pistola

Diante do delegado, o acusado preferiu permanecer em silêncio e ser ouvido somente em juízo. Por fim, foi encaminhado ao Presídio Regional de Santa Cruz do Sul, onde permanece recolhido.

Ele irá responder por homicídio qualificado, com a qualificadora de ter impossibilitado a defesa da vítima, após invadir a residência. Embora o suspeito já fosse foragido, o delegado Alessander também solicitou um mandado de prisão preventiva contra o jovem no inquérito remetido ao Judiciário.

LEIA TAMBÉM: Santa Cruz tem dois assassinatos nos primeiros cinco dias do ano

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.