Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

9 DE JUNHO

Rio Pardo celebra o Dia Internacional dos Arquivos

Foto: Igor Flamel/Prefeitura de Rio Pardo

Exposição evidencia trajetória de Rita Lobato Velho Lopes, primeira médica do Brasil

O Dia Internacional dos Arquivos é celebrado nesta quarta-feira, 9. A data, criada pelo Conselho Internacional dos Arquivos (ICA), busca ressaltar a essencialidade de preservar documentos de todos os formatos, que consistem em fonte de informação. O tema deste ano é Empoderando arquivos. Em Rio Pardo, uma programação especial realizada pela Secretaria de Turismo, Cultura, Juventude e Esporte será dedicada ao Arquivo Histórico Municipal Biágio Soares Tarantino.

A cerimônia acontece nesta quarta, às 14 horas, no auditório do Centro Regional de Cultura Rio Pardo e contará com a exposição de fotografias e documentos da médica Rita Lobato Velho Lopes, a primeira mulher a exercer a medicina no Brasil e a segunda latino-americana a obter diploma de médica, em 1887. Natural de Rio Grande, ela trabalhou em diversas cidades e depois radicou-se em Rio Pardo, onde atuou de 1910 a 1925. Também foi vereadora.

A exposição também contempla a rio-pardense Ana Aurora do Amaral Lisboa, primeira professora diplomada no município, em 1881, pela Escola Normal de Porto Alegre. Foi poetisa, política, escritora e ativista libertária brasileira. Além disso, um arquivo com fotos raras da cidade, de ruas, fachadas de casas e de prédios comerciais a partir de 1898 também estará em evidência.

LEIA TAMBÉM: Rio Pardo recria rotas de turismo para driblar efeito da pandemia

O secretário de Turismo, Cultura, Juventude e Esporte, Tiago Mello, destaca que esse evento reforça a relevância das instituições arquivistas de mostrar a memória e informações dos municípios. “O intuito é mostrar nas fotos o quanto a cidade se modificou ao longo dos anos. É mostrar a importância desses documentos para a comunidade, o arquivo guarda a documentação desde a fundação da Vila até o momento. Então, queremos fazer o resgate de pertencimento da população para com o município e a sua história”, esclarece.

A exposição de fotografias deverá permanecer por mais uma semana no local. A visitação é gratuita.

Fotos raras e documentos da cidade, com fachadas de prédios e ruas a partir de 1898 | Foto: Igor Flamel/Divulgação

LEIA TAMBÉM: FOTOS: Rio Pardo promove 1ª Semana dos Museus

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.