Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

SANTA CRUZ

Sancionada lei que prevê multa pesada para quem comercializa metais sem procedência

Foto: Alencar da Rosa/Banco de Imagens

Tampas de metal são alvo de ladrões e deixam armadilhas nas calçadas

A prefeita Helena Hermany (PP) sancionou a lei, aprovada em setembro na Câmara de Vereadores, que prevê multa pesada para estabelecimentos e pessoas físicas que venderem cobre, alumínio, estanho e ferro sem procedência. De autoria do vereador Gerson Trevisan (PSDB), a norma é uma reação à recente onda de furtos de materiais como fios de cobre e tampas de bueiros no município.

LEIA MAIS: Furtos de tampões são armadilhas nas calçadas

A lei discrimina os seguintes materiais: fios ou cabos de cobre, tampas e grades de bueiros, tampas de reservatórios de postos de combustíveis, tampas de inspeção da telefonia subterrânea e tampas da rede de esgoto, além de alumínio, estanho e ferro, exceto nos casos de descartáveis de uso doméstico, industrial e comercial.

Com isso, a partir de agora quem for flagrado vendendo, estocando, beneficiando, reciclando ou transportando fica sujeito a multa de 100 UPMs, o que equivale hoje a R$ 33,9 mil, e o estabelecimento pode ter o alvará de funcionamento cassado.

LEIA MAIS: Força Tática prende homem que escalava postes para furtar fios

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.