Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

em outubro

Setorial de Artes Visuais de Santa Cruz organiza mostra

Entre as obras estão telas de Juliane Mai

A Setorial de Artes Visuais de Santa Cruz do Sul (SAV) organiza a primeira exposição. Em parceria com a Secretaria de Cultura e apoio da Prefeitura, o evento está previsto para ocorrer entre 6 de outubro e 6 de novembro, no Centro de Cultura Jornalista Francisco José Frantz (antiga Estação Férrea de Santa Cruz). A 1ª Mostra da Setorial de Artes Visuais terá programação solene para o dia da abertura, com intervenções artísticas. Também há possibilidade de que a mostra seja prorrogada.

A SAV reúne 72 profissionais, dos quais 38 artistas inscreveram obras para o evento. O espaço está sendo revitalizado para que seja um centro de referência artística no município e, tanto a plataforma quanto o vagão do trem, receberão as peças em exposição, que inclui pinturas acrílicas e a óleo, escultura em madeira e pedra, cerâmica e fotografia. Os artistas interessados poderão colocar trabalhos à venda. Nesse caso, haverá informações de preço e contato com o autor. Em função da pandemia, serão seguidas todas as regras de segurança sanitárias vigentes.

Fotografia de Nilani Goettems

De acordo com uma das integrantes da coordenação, a artista visual Magui Kampf, a iniciativa partiu da Secretaria de Cultura, que disponibilizou o espaço para recomeçar as atividades culturais na cidade de forma segura. A ideia é apresentar trabalhos desenvolvidos durante a pandemia ou anteriores e valorizar os artistas locais.

Ação pretende fortalecer a cultura regional

O projeto da mostra da SAV começou a ser organizado em agosto e também tem como objetivo o fortalecimento das artes e da cultura. A organização deseja que escolas visitem o espaço. Os integrantes da coordenação têm experiência na área artística nacional e participam do projeto de forma voluntária. O grupo é composto pelo santa-cruzense Antelmo Paulo Stoelbenn, que atua com música, pintura, desenho, escultura e fotografia; a professora de artes, ceramista e tecelã Ivani Ana Friedrich; Juliane Mai, que é artista visual e presta assessoria para artistas; Márcia Maróstega, pintora, que possui ateliê em Santa Cruz e já participou de exposições em diversos países; a artista visual, arquiteta, cenógrafa e curadora Magui Kampf; Moema Rennhack, artesã e artista plástica amadora; e a fotógrafa Nilani Goettems.

Integrantes da coordenação da SAV têm experiência na área artística nacional

A organização destaca a importância da ajuda de empresas e filantropos. “A participação da comunidade empresarial é fundamental para este trabalho”, conta Magui. O grupo está entrando em contato com empresários locais, convidando a apoiar com valores ou itens que possam ser utilizados para premiar os artistas. Em troca, haverá repercussão dos apoiadores nos materiais de divulgação. Interessados em participar podem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (51) 9 8233 1111.

Sobre a Setorial de Artes Visuais

A Setorial de Artes Visuais (SAV) é um dos 11 colegiados que representam o Conselho Municipal de Cultura, que envolve artistas, galeristas, marchands e entidades que representam as artes (galerias, museus, moldurarias e vendedores de materiais) e simpatizantes das artes, entre outros inscritos no programa. O Conselho de Cultura foi criado para descentralizar e democratizar as decisões da cultura em Santa Cruz do Sul, servindo também como órgão de fiscalização da Secretaria Municipal de Cultura.

LEIA MAIS: Estado lança Edital FAC Patrimônio, investimento do programa Avançar Cultura

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.