Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

ALERTA

Vale do Rio Pardo tem baixa procura por vacina contra a gripe

Foto: Rafaelly Machado

Faltando apenas um mês para o encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, a procura pelo imunizante ainda é baixa. Segundo a 13ª Coordenadoria Regional de Saúde (13ª CRS), apenas 39.582 pessoas do público-alvo de 102.932 estão vacinadas (ou 38,45%). A mobilização iniciou-se em 8 de abril, com a meta de imunizar 90% das pessoas que pertencem aos grupos prioritários. Os dados foram contabilizados até segunda-feira, dia 31.

A aplicação das doses é dividida em etapas. Neste momento, apenas crianças de seis meses a menores de 6 anos estão sendo vacinadas, além de gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, idosos e professores. A parcela que mais procurou pela vacina foi a de crianças. Das 22.171 que devem receber a dose, cerca de 12 mil (53,9%) foram imunizadas. Já os idosos tiveram a menor cobertura: da estimativa de 67.670 pessoas que compõem esse grupo, apenas 21.093 (31,5%) procuraram as unidades de saúde.

LEIA MAIS: Vacinas contra gripe e Covid-19 devem ser feitas com intervalo de 14 dias

A responsável pelo setor de imunizações da 13ª CRS, Jaqueline Müller, destaca que um dos motivos para a baixa procura é o fato de a campanha ser paralela à vacinação contra a Covid-19. “Temos observado que, infelizmente, a procura por doses contra a influenza está bem menor do que nos anos anteriores. A particularidade da vacina, que tem período de 14 dias de diferença de aplicação em relação à do coronavírus, pode estar atrasando o processo, especialmente no caso de idosos, em que a imunização teve início em 11 de maio. Muitos ainda aguardavam para fazer a segunda dose contra o coronavírus”, destaca.

Ela frisa que muitos também estão esquecendo de fazer a aplicação contra a influenza. “Ao terminar o esquema vacinal de 14 dias da dose contra o coronavírus, é importante que as pessoas dos grupos de risco procurem as unidades de saúde para se imunizar contra a gripe. Pois os vírus de influenza seguem circulando nonosso meio, lembrando que são doenças diferentes.”

Na próxima quarta-feira, 9, inicia-se a terceira e última etapa da campanha contra a gripe, que inclui pessoas com comorbidades, deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, Forças Armadas, de segurança e salvamento, funcionários e população do sistema de privação de liberdade. O encerramento será em 9 de julho. O Ministério da Saúde não divulgou se poderá haver prorrogação de prazo.

LEIA MAIS: Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa em abril

LEIA MAIS: Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.