Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

BELOS CENÁRIOS

Veranico do fim de julho espalhou ares de primavera por Santa Cruz

Foto: Rafaelly Machado

Colorido das flores já pode ser conferido em canteiros e jardins de Santa Cruz do Sul

Quem percorre as ruas de Santa Cruz do Sul diariamente percebe que alguns lugares estão mais coloridos. Nas últimas semanas, foi feito o preparo dos canteiros da Avenida Castelo Branco, no Distrito Industrial, onde houve também o plantio de mudas de flores. Até agora, já foram 45 mil. Para os próximos dias, o objetivo da Prefeitura é plantar cerca de 50 mil mudas.

As flores também vão dar um toque especial ao visual do novo calçadão. As espécies que farão parte dos canteiros da Rua Marechal Floriano são begônias, alegrias-de-jardim, zínias, bocas-de-leão e petúnias, entre outras. Inclusive as obras no calçadão estão em fase de conclusão, faltando apenas a pavimentação dos passeios. A realização das obras visa o melhoramento do espaço público.

LEIA TAMBÉM: Por dentro da safra: e vamos começar o plantio de tabaco!

Ao contrário do que muitos pensam, o cultivo de flores durante o período de inverno é muito comum. Os chamados veranicos que acontecem em alguns momentos da estação fria ajudam na floração de inúmeras espécies. Segundo o professor Andreas Köhler, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), as plantas têm um relógio biológico que é definido pela genética delas. “Ou seja, assim que muda a temperatura e aumenta o calor, várias delas começam a florescer. Mas há espécies que são adaptadas para florescer quando ainda está frio”, explica.

O especialista afirma que as melhores espécies para serem plantadas nessa época são as resistentes, como arbustos e árvores, que são cultivados em campos. “As plantas criadas em estufa são frágeis. Se pegarem uma geada, por exemplo, podem morrer”, observa. Köhler analisa que a maioria das pessoas possui espécies frágeis nos jardins, e que necessitam de um cuidado especial no inverno. “Principalmente agora, quando os dias estão um pouco mais quentes e as noites ainda frias. Elas podem ser danificadas pela água que condensa em cima das folhas. O ideal é proteger. Pode ser com um saco de lixo por cima”, recomenda.

LEIA TAMBÉM: Oscilação no Rio Grande do Sul, calor extremo na Europa: o que causa tantas variações nas temperaturas?

Afeto pelo cultivo

De cultivo de flores no inverno Elstor Beckenkamp entende bem. Há 53 anos, o aposentado preenche o terreno da casa, no Bairro Goiás, com amores-perfeitos e manacás. Uma viagem a Gramado, na Serra Gaúcha, em 1969, inspirou o começo do hobby que mantém até hoje. “Naquele ano, consegui plantar mais de mil mudas de amor-perfeito no meu terreno e em torno da minha casa na rua. Nos últimos anos tenho plantado cerca de 200, e neste ano foram 180 mudas”, conta.

Na casa de Elstor Beckenkamp, tons da próxima estação tomam conta do jardim | Foto: Alencar da Rosa

Ele afirma que as duas espécies pedem um cuidado extra. “O manacá é impertinente com irrigação, sempre quer água. Planto o amor-perfeito em carreiras na frente de casa, e no meio das carreiras espalho um pouco de adubo. A adubação consiste numa mistura de fósforo, potássio e amônia, que também coloco no manacá. Afofar a terra é outra coisa que faço, para não deixar ela ficar abatumada”, frisa.

LEIA TAMBÉM: Guardiões dos Ipês estão firmes na luta pela arborização de Santa Cruz

Haverá calor em agosto?

De acordo com a MetSul Metereologia, o mês de agosto, no Sul do Brasil, não será tão frio quanto em junho, mas também não terá temperaturas tão elevadas como em julho. No Rio Grande do Sul, o oitavo mês do ano deve ter temperatura mais próxima da média e, em alguns momentos, com possibilidade de desvios negativos no Sul e positivos mais ao Norte do Estado. Sobre as chuvas, a tendência, conforme os profissionais da MetSul, é de que venha a ser um mês com precipitações perto ou abaixo da média na maioria das regiões.

LEIA TAMBÉM: Veja dicas para deixar pele e cabelo hidratados e protegidos no inverno

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Ainda não é assinante Gazeta? Clique aqui e faça sua assinatura!

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.