Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Final Feliz

VÍDEO: cachorrinha sequestrada volta para casa depois de dez dias

Foto: Divulgação Polícia Civl

A Polícia Civil recuperou no dia 27 de janeiro, uma cachorra que havia sido furtada no dia 17 do mesmo mês, em Santa Cruz do Sul. O animal estava na frente da residência dos tutores, no Bairro Linha Santa Cruz, quando foi levado. Uma equipe da 1ª Delegacia de Polícia Civil resgatou a cadela ao cumprir um mandado de busca e apreensão em uma residência do Bairro Renascença.

De acordo com a delegada Ana Luísa Aita Pippi, a família da “Mili”, nome pela qual atende a cachorra, procurou a Polícia Civil após tentar recuperar o animal por conta própria e a suspeita do crime se recusar a devolvê-la. Vizinhos viram o momento em que a cadela foi levada e, por isso, puderam auxiliar com informações na busca pelo animal.

LEIA TAMBÉM: Como foi o resgate da cachorra presa em penhasco


Os tutores de Mili, Jeferson Adriano Freire e Angélica Ramm, relataram ao Portal Gaz a angústia que passaram durante os dias em que a cachorra esteve desaparecida. O casal tem uma filha, Valentina, de 5 anos. Os pais relatam que ela sempre foi apegada ao animal e foi quem mais sentiu falta da Mili. “Minha filha ficou três dias sem comer. Ela perguntava três ou quatro vezes por dia se iriam devolver a cachorrinha. Não sabíamos mais o que dizer”, ressaltou o pai da criança.

Valentina Gabrielle Freire e Mili no dia em que ela voltou para casa


De acordo com Freire, uma pessoa entrou em contato com a família informando que estava com Mili, mas não aceitou o pedido dele para ver o animal, para fazer um reconhecimento. “A nossa insistência sempre foi em vê-la para poder reconhecê-la. Aí começou o dilema, pois em nenhum momento ela nos deixava ver a cachorra. Até que procuramos ajuda na Polícia Civil”, explicou.

A delegada Ana Luísa comemorou a ação que levou Mili de volta para casa. “Foi a notícia mais maravilhosa que a família recebeu. A felicidade da cachorrinha em rever os donos e a irmãzinha canina foi tudo”, relatou. O caso é investigado pela Polícia Civil e não foram divulgadas informações sobre a suspeita do sequestro do animal.

LEIA TAMBÉM: Bombeiros resgatam cadela de penhasco em Ibarama

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.