Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Plátanos

Wiliam Campos retorna para comandar o Santa Cruz

Foto: Adriano Júnior

Wiliam Campos foi apresentado como treinador nesta sexta-feira

Um velho conhecido do torcedor carijó está de volta. O presidente do Santa Cruz, Miguel Schuck anunciou o retorno do técnico Wiliam Campos durante entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, 3, no Estádio dos Plátanos. O comandante alvinegro, que esteve no estádio, volta para disputa da Série A2 do Campeonato Gaúcho, prevista para iniciar em abril do ano que vem.

Campeão da Copa FGF – Taça Ibsen Pinheiro – e da Série B, a antiga Terceirona, em um intervalo de pouco mais de seis meses, Wiliam terá a missão de recolocar o Galo na elite do futebol estadual em 2023. Nesta temporada, ele comandou dois times na Divisão de Acesso: o Guarani, de Venâncio Aires, que acabou não se classificando para os mata-matas, e o São Paulo, de Rio Grande, eliminado nas quartas de final pelo campeão União Frederiquense. Com Wiliam, também retorna o preparador de goleiros, Cristiano do Amaral. O preparador físico ainda será definido. Filho de Beto Campos, falecido em 2018, o técnico de 33 anos foi auxiliar do pai no Náutico em 2017 e também orientou o São Borja em 2019.

Schuck revelou que marcou uma reunião com Wiliam logo após ter sido eleito como presidente. O entendimento foi rápido, pela amizade entre ambos. “Tenho certeza que o Wiliam é o caminho para a gente continuar na ascensão do clube. Vamos ter um passo importante em 2022 para recolocar o Santa Cruz na elite gaúcha”, disse. Schuck salientou a importância da volta do clássico Ave-Cruz. “É um incremento a mais. Será positivo para comunidade. Vamos ter dois jogos aguerridos e esperamos que tenhamos os estádios lotados, se a pandemia permitir.”

O treinador comentou sobre a importância dos trabalhos no Guarani e São Paulo antes do retorno para o Galo, principalmente por ter adquirido experiências pessoais e profissionais. “Vou ter um tempo maior de planejamento, ao contrário do que ocorreu no Guarani e São Paulo, que assumi durante a Divisão de Acesso. Esse detalhe faz a diferença. A competição vai ser difícil. Estamos conversando para montar um grupo competitivo.”

O restante da comissão técnica ainda será definida e jogadores estão sendo sondados para a formação do elenco. Wiliam poderá ter atletas que passaram pelo clube recentemente, nas campanhas vitoriosas da Copa FGF e Série B gaúcha. O treinador sublinhou o alto nível das equipes participantes. “Teremos clássicos regionais, jogos muito competitivos, que serão decididos nos detalhes.”

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.