Cultura 26/07/2020 12h01

Vem aí a terceira edição do Festival Santa Cruz de Cinema

Transmissão ao vivo nesta segunda-feira, 27, apresentará as novidades e as adaptações do evento em 2020

A organização do Festival Santa Cruz de Cinema confirmou a realização da terceira edição em 2020. Informações sobre o formato do evento serão divulgadas em uma live nesta segunda-feira, 27, a partir das 19 horas, no Facebook. A transmissão contará as novidades e adaptações necessárias em função da pandemia e dará informações sobre o regulamento e as datas de inscrição para os participantes.

O evento, que é resultado da união do Sesc-RS, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e da Pé de Coelho Filmes, conta com patrocínio da JTI e da Unimed dos Vales do Rio Pardo e Taquari. “Na live vamos contar algumas ações que serão tomadas antes e durante o evento, e informaremos a nova data do festival. Ele está confirmado, haverá premiação com troféus e dinheiro”, adianta o sócio da produtora Pé de Coelho, Diego Tafarel.

LEIA MAIS: Em apoio ao Blackout Tuesday, Festival Santa Cruz de Cinema transfere live

Com o setor audiovisual duramente afetado pela pandemia, as atividades culturais e de eventos foram as primeiras a parar e não se sabe quando será possível retomar o trabalho com normalidade, conforme a gerente do Sesc, Roberta Pereira. “Os festivais precisaram se reinventar, muitos migraram para versões online em 2020. Estamos em ritmo crescente, com o festival se tornando referência no Rio Grande do Sul e no Brasil; por isso, consideramos importante dar continuidade, com algumas mudanças neste ano. Precisamos valorizar as produções brasileiras e continuar movimentando a cena audiovisual.”

A programação do festival, que ainda será divulgada, vai incluir uma série de eventos nos próximos meses. A data foi alterada para dar mais tempo aos cineastas e também aos curadores que farão a seleção dos premiados com o troféu Tipuana.

LEIA MAIS: Live debate os impactos da pandemia no cinema

Atriz Léa Garcia será a homenageada desta edição

A atriz Léa Garcia será a homenageada desta edição do Festival Santa Cruz de Cinema. Ela soma mais de seis décadas de carreira artística no cinema, em novelas, peças teatrais e séries. Já no início de sua trajetória concorreu em Cannes na categoria de melhor interpretação feminina com Orfeu Negro, um clássico que venceu o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e o Globo de Ouro na mesma categoria, e ainda recebeu a Palma de Ouro.

“A Léa Garcia é um grande nome do cinema brasileiro, é uma excelente atriz com uma história linda. A verdade é que sempre foi desejo do festival homenageá-la. E ainda tem o fato que nós já termos uma ligação importante, afinal ela foi a primeira vencedora da Tipuana de melhor atriz em nosso festival”, afirma Tafarel.

A artista participou de obras como Feminino Plural, Ladrões de Cinema, A Deusa Negra, Filhas do Vento e Mulheres do Brasil

A artista também participou de obras como Feminino Plural,Ladrões de Cinema, A Deusa Negra, Filhas do Vento e Mulheres do Brasil. Naprimeira edição do Festival Santa Cruz de Cinema, em 2018, Léa Garcia venceu oprêmio de melhor atriz por sua atuação no curta-metragem Acúmulo, de GilsonJúnior.

Gramado

Também afetado pela pandemia, o Festival de Cinema de Gramado vai exibir os filmes da mostra competitiva pela televisão no Canal Brasil e pela internet. A 48ª edição do evento em 2020 foi transferida de agosto para setembro e acontece entre os dias 18 e 26. A organização avalia se vai realizar a cerimônia de premiação presencialmente, seguindo os protocolos de segurança.

LEIA TAMBÉM: Senado aprova auxílio emergencial a artistas