Beleza 10/11/2020 11h19 Atualizado às 13h22

Santa-cruzense é eleita Miss Brasil Café e quer promover a saúde no campo

Raphaela Hagemann já é conhecida das passarelas: acumula oito títulos e muitas histórias para contar

A santa-cruzense Raphaela Hagemann tem um propósito bem definido: estudante de Enfermagem, ela quer levar informações de saúde para os produtores rurais. Foi com esta proposta e muita simpatia e beleza que a jovem foi eleita no fim do mês passado Miss Brasil Café 2021, em uma disputa adaptada para o atual momento de pandemia e realizada em Três Pontas, Minas Gerais. Segundo a miss, ela foi a primeira candidata do Rio Grande do Sul a representar o Estado no concurso que elege a embaixadora do Café no Brasil, mas que vai além da cultura cafeeira.

“O Miss Brasil Café valoriza a participação da mulher do agro, busca dar visibilidade para todas as mulheres que estão ligadas ao campo, à mesa de cada um de nós. Afinal, tudo vem do agro. E eu, como apaixonada pela agricultura, me senti honrada em ser a porta-voz das mulheres gaúchas, levando a garra e a força que é nossa característica”, disse a santa-cruzense. “Eu costumo dizer que o Miss Brasil Café foi uma continuidade do meu trabalho como princesa da Expointer.”

Raphaela é a Miss Brasil Café 2021 e deve promover a próxima edição da Expocafé

Aos 27 anos, ela acumula oito títulos, regionais e estaduais (veja a lista abaixo). Mas as passarelas chegaram à vida de Raphaela despretensiosamente: ela, que nunca sonhou com uma carreira de miss, foi convidada em 2016 para representar Santa Cruz em um concurso estadual. “Acompanhava o Miss com meus avós e minha mãe, mas sempre tive a convicção que não poderia chegar lá por vir de família simples e não ser o ‘padrão’ para concursos de beleza”, comentou.

LEIA MAIS: VÍDEO: Nova Miss Santa Cruz, Raphaela se prepara para concurso

Com cautela, ela aceitou o convite. “Na época fui ‘crua’, pois a experiência que eu tinha era com a cultura germânica, não passarela. Foi uma oportunidade que resolvi encarar. Hoje posso dizer que foi a escolha certa”, lembrou a miss. No ano seguinte, já conquistou o título de princesa da Expointer. A vivência com feiras, no entanto, veio muito antes, ainda em 2011, quando começou a trabalhar nos estandes dos eventos e passou a conviver com a agricultura.

“Desde pequena eu ia com o meu avô no interior, aos finais de semana. Os parentes do meu avô tinham chácara, então eu sempre fui apaixonada pelos animais. A maior compreensão do que o campo resultava veio em 2011 quando trabalhei na minha primeira feira. Ali pude perceber que nos devemos valorizar cada vez mais o setor. Eu não era apenas uma promotora, sempre busquei me interar a respeito do que o estande oferecia e como isso atingia a cadeia produtiva.”

Como Miss Brasil Café 2021, ela deve promover a próxima Expocafé, em maio de 2021, ainda sem programação definida. Além da agenda oficial, a santa-cruzense quer promover a saúde para o campo. “Tenho como projeto poder levar mais informações de saúde tanto para as mulheres quanto para os homens do campo. Pois acredito que não adianta somente pensarmos em tecnologias e inovações, sem nos preocupar com o básico, que é a vida daqueles que trabalham arduamente para que tenhamos alimentos frescos e de boa procedência na nossa mesa. E que são responsáveis por movimentar a economia do nosso Estado”, destacou. “Uma embaixadora deve agregar e é isso que eu quero. Deixar meu legado de uma Miss que se preocupa de verdade com a saúde dos produtores.”

Títulos

Rainha do Centro Cultural 25 de Julho 2012-2014
Miss Santa Cruz do Sul 2016
Miss Brasil Américas Simpatia 2017
Princesa da 40° Expointer 2017
Senhorita Rio Grande do Sul 2018
Musa do Sport Clube Internacional – atual
Miss Rio Grande do Sul Café 2020
Miss Brasil Café 2021

LEIA TAMBÉM: Santa-cruzense é escolhida Musa Colorada 2019

O concurso

O concurso Miss Brasil Café é realizado pela Wofse Produções, dirigida por Wlliam Rosa. O evento deveria ter sido realizado em abril, antes da Expocafé que ocorreria em maio. Os planos precisaram ser adiados por conta da pandemia e, por isso, o concurso aconteceu nos dias 29, 30 e 31 de outubro. Na ocasião, a Miss Nepomuceno Café, Aline Hipólito, foi coroada Miss Brasil Café 2020 (já que o concurso não havia sido realizado neste ano) e Raphaela, Miss Rio Grande do Sul Café, foi eleita Miss Brasil Café 2021. Juntas, elas devem promover a próxima edição da feira.

Antes da final, as jovens participaram de palestras, atividades online e lives, onde foram avaliadas mesmo à distância. Conforme Rahpaela, também foi realizada uma entrevista preliminar. Para a realização presencial do concurso, que foi transmitida em vídeo, foram adotadas uma série de medidas, como a realização de testes de Covid-19, laudo médico de saúde e restrição de pessoas no evento, conforme a santa-cruzense.

LEIA TAMBÉM
VÍDEO: gaúcha vence o Miss Brasil 2020
Miss Plus Size vai realizar sonho em disputa nacional

Confira a transmissão da escolha: