Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

MARCOS RIVELINO

Copa do Brasil

Ter vencido o Vitória em Salvador e praticamente garantido a vaga às quartas de final pode ajudar o time de Felipão animicamente, trazendo a confiança de volta pra superar a encrenca em que o Grêmio se meteu no Brasileirão. Contra o Bragantino, no sábado, 31, fora de casa, o time terá que ser intenso e competitivo para buscar a vitória.

Meio-de-campo

É nesse setor que vejo as maiores limitações na equipe tricolor. Faltam intensidade na marcação, dinâmica de jogo e criatividade com a bola. Do melhor Grêmio de 2017, apenas Maicon continua, mas é quase um ex-jogador e os atuais companheiros dele não conseguem trazer de volta aquele time intenso, com e sem a bola.  Com dinheiro em caixa, é nesse setor que vale a pena investir.

Pressão colorada

Os maus resultados na temporada e as últimas decepções com os vice-campeonatos da Copa do Brasil e Brasileirão deixaram o torcedor colorado mais decepcionado com seu time, chegando a ultrapassar certos limites. As ameaças a Edenilson e sua família não se justificam e,  principalmente, não ajudam em nada, além de configurar crime por lei.

Ineficiência ofensiva

No Internacional, o setor que precisa ser melhorado é o ataque. O time, embora tenha cometido falhas defensivas contra o Athletico-PR, tem apresentado no setor ofensivo as carências mais urgentes. Se não melhorar isso, vai sofrer no Brasileirão. O Inter cria, produz ofensivamente, mas os atacantes são pouco efetivos, para irritação de seus torcedores. Bom resto de semana a todos!!

LEIA OUTRAS COLUNAS DE MARCOS RIVELINO

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.