Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

DIRETO DA REDAÇÃO

Dias que ficarão para a história

Certamente nenhum santa-cruzense poderia imaginar que a cidade chegaria ao encerramento deste ano de 2020, tão marcado pela pandemia, com um time de futebol local na finalíssima de uma competição estadual. Esse é o feito do F.C. Santa Cruz, mais do que centenária agremiação que, com muita energia, superou as adversidades e vai decidir a Copa Ibsen Pinheiro, contra o São José. O primeiro de dois jogos ocorreu neste sábado, nos Plátanos.

E o ano chega ao seu final ainda sob os augúrios de uma tão longamente almejada notícia, associada a melhorias na RSC-287. Nessa sexta-feira aconteceu o leilão de concessão à iniciativa privada dessa rodovia, a mais importante da região central do Estado. É claro que há um longo percurso pela frente até a hora em que, dentro de alguns anos, enfim a obra estará plenamente concluída, conforme os parâmetros estabelecidos, entre eles a duplicação do trecho de 204,5 quilômetros entre Tabaí e Santa Maria. Mas é inegável que o leilão descortina um novo tempo, uma sintonia com a modernidade, e para toda a região.

Esse novo tempo, que terá avanços em infraestrutura e logística (na capacidade dos produtos regionais de competir em todos os mercados e na maior qualidade de vida e na segurança da população) ganha ainda mais relevância quando se constata, como ocorreu nesta semana, o quanto a região é determinante para a economia de todo o Estado. Afinal, como a Gazeta do Sul noticiou na edição de quinta-feira, Santa Cruz avançou quatro postos no ranking do Produto Interno Bruto (PIB), relativo a 2018, e agora ocupa a sexta posição. Para um município de 130 mil habitantes, população menor do que a de tantas outras localidades, é um desempenho nada menos do que espetacular. Que merece ser muito comemorado.

E assim chegamos a este sábado, o da primeira partida da final da Copa Ibsen Pinheiro. Vale lembrar: o vencedor terá presença garantida na Copa do Brasil de 2021. Ou seja, não apenas o Galo está a dois jogos do título da Copa Ibsen Pinheiro, como está a dois jogos dessa tão prestigiosa competição nacional. Por tudo isso, a façanha do Santa Cruz reveste-se de conotação toda especial nesta véspera de Natal. Significa que, mesmo em ano tão difícil, com tantas angústias, os resultados positivos são possíveis. O que o Galo mostra em campo é espírito de equipe, competência, concentração num objetivo, eficiência e resiliência (apesar de ter perdido o primeiro jogo em casa para o Inter de Santa Maria, soube ir à casa do adversário e esperar com calma até os minutos finais para devolver o placar, e depois vencer nos pênaltis). São todos elementos e atitudes por demais inspiradores, para todas as áreas.

Diante de tal contexto, cada um de nós, em Santa Cruz e na região, pode e deve torcer (muito!) pelo Galo. Mais: pode e deve usar essa campanha do F.C. Santa Cruz como modelo. Em cada setor, em cada instante da vida, mesmo em períodos de adversidades, com empenho e determinação é possível alcançar belas vitórias. Parabéns à diretoria do clube e ao elenco por essa caminhada, e boa sorte na grande final. Bom final de semana!

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.