Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

IMIGRAÇÃO

Felipe Braun recupera a história do povo alemão em livro bilíngue

Braun já lançou 22 obras sobre imigração

O escritor, jornalista e historiador da imigração alemã no Brasil Felipe Kuhn Braun, 34 anos, lança sua 22ª obra, História do povo alemão. O livro, de 152 páginas, publicado pela editora Oikos, de São Leopoldo, primeiro bilíngue do autor, registra momentos importantes do período da formação histórica do povo alemão, antes mesmo da vinda dos imigrantes de origem germânica para o Brasil. Estão referidos nomes como os de Carlos Magno, o “Pai da Europa”, e Otto, o Grande, da Saxônia, primeiro imperador com raízes germânicas.

O escritor destaca episódios da formação da Ordem Teutônica, o Sacro Império Romano-Germânico, a Liga Hanseática, a Revolução Industrial, a Peste Negra, a Guerra dos Trinta Anos, As Cruzadas, a Prensa de Gutenberg e a Reforma Protestante, entre outros, até o período das Guerras Napoleônicas. Aborda ainda detalhes sobre como era a vida da população na Idade Média e a dos judeus estabelecidos dentro do Sacro Império. “Diversos conflitos também estão em destaque nesta obra, como a Guerra dos Camponeses e a Guerra dos Trinta Anos, que ceifou a vida de até dois terços dos habitantes em algumas regiões, e que destruiu aproximadamente 50% do Sacro Império Romano Germânico”, frisa.

LEIA MAIS: Clube de Leitura da Livraria Iluminura quer resgatar o prazer de ler juntos

O trabalho, que faz parte de diversas obras específicas sobre estes capítulos da história, que formaram e moldaram o povo alemão e, posteriormente, a Alemanha, é também a primeira obra bilíngue do autor, publicada em português e em inglês, em razão da abrangência da língua inglesa. Ao longo dos anos, Braun se dedicou à pesquisa do tema “Uma monarquia eleita, vários povos e as diversas maneiras de denominá-los”, além de acontecimentos marcantes como a Reforma Protestante e as sucessivas guerras e a dificuldade em viver tempos de paz. “É interessante perceber quais os caminhos que moldaram essa sociedade e, bem tardiamente, como se formou este país que hoje conhecemos como Alemanha”.

Braun também é vereador em Novo Hamburgo e recentemente lançou o livro As noivas de preto. A obra, em 85 páginas, retrata uma tradição das moças de origem germânica, que até o início do século 20 se casavam com vestido preto. Os interessados em adquirir obras de Felipe Khun Braun devem entrar em contato com o autor pelo e-mail [email protected] ou telefone (51) 99971 1456.

LEIA MAIS: O que ler para conhecer melhor o Afeganistão

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.