Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Júri Kiss

Depoimento do ex-prefeito de Santa Maria é tido como decisivo

Foto: Alencar da Rosa

Foi retomado às 9 horas desta quarta-feira, 8, o julgamento dos réus acusados como responsáveis pelo incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria, ocorrido na madrugada de 27 de janeiro de 2013. Os empresários e sócios da boate, Elissandro Callegaro Spohr, o Kiko, e Mauro Londero Hoffmann; o vocalista da Banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos; e o produtor musical Luciano Bonilha Leão, respondem pela acusação de homicídio simples (242 vezes consumado, pelo número de mortes; e 636 tentado, pelo número de feridos).

O primeiro depoimento do dia é um dos mais aguardados de todo o julgamento. O prefeito de Santa Maria na época da tragédia, e atual secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos da Prefeitura de Porto Alegre, Cezar Schirmer, foi arrolado como testemunha pelo advogado de Kiko, Jader Marques. Tanto a bancada de defesa do proprietário da Kiss como do sócio Mauro Hoffmann, tratam este depoimento como decisivo para tentar convencer os jurados de que a Kiss possuía documentação que a habilitava a estar funcionando.

LEIA MAIS: AO VIVO: oitavo dia de julgamento tem depoimento do ex-prefeito de Santa Maria

Na visão das defesas, se ficar claro que os alvarás da boate estavam autorizados pelo Executivo, os réus que eram proprietários da Boate Kiss não deveriam ser acusados por dolo eventual, que é quando se assume o risco de matar. Esse enquadramento, que foi decisivo para levar o caso a júri popular, causa penas mais pesadas. A previsão é que o depoimento de Schirmer seja um dos mais longos até então, em oito dias de julgamento.

Expectativa também pelo depoimento de promotor

Outro depoimento aguardado que também está marcado para esta quarta-feira é do promotor de Justiça Ricardo Lozza. Ele atuou no caso e ficou conhecido por ter processado, em 2015, Sérgio da Silva e Flávio da Silva, então presidente e vice-presidente da Associação de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM).
A ação foi movida após familiares das vítimas fixarem cartazes em diversos pontos da cidade, com a foto de Lozza e mensagens que criticavam e responsabilizavam o Ministério Público pela tragédia.

Além de Schirmer e Lozza, ainda estão previstos para esta quarta os depoimentos do publicitário Fernando Bergoli e Geandro Kleber de Vargas Guedes, que trabalhava na administração de uma empresa de distribuição de bebidas. Estes são os últimos depoimentos de testemunhas. Se as oitavas forem concluídas nesta quarta-feira, a partir desta quinta-feira iniciam os depoimentos dos quatro réus.

LEIA MAIS: Ex-comandante dos Bombeiros de Santa Cruz presta depoimento

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.