Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

INCENTIVO FISCAL

Legislativo aprova restituição de ICMS para a UTC

Empresa tem sede e unidade de processamento no Distrito Industrial de Venâncio Aires

Os vereadores de Santa Cruz do Sul aprovaram nessa quarta-feira, 8, o projeto que autoriza a Prefeitura a conceder benefício fiscal na forma de restituição de ICMS à empresa UTC, que em fevereiro deste ano anunciou a transferência da operação de beneficiamento de tabaco de Venâncio Aires para Santa Cruz e agora tem planos de expansão.

LEIA MAIS: UTC Brasil mudará unidade de processamento para Santa Cruz ao final da safra

Será a primeira empresa alcançada pela restituição de ICMS, incluída na nova política de incentivos ao setor privado do governo, aprovada em março para mitigar os efeitos da pandemia. O dispositivo prevê que empresas que vierem a se instalar em Santa Cruz poderão ter restituído até 10% do ICMS gerado ao Município pelo prazo máximo de cinco anos.

Empresas já instaladas que realizarem investimentos poderão restituir até 50% do acréscimo no ICMS gerado, também pelo prazo de cinco anos. No caso da UTC, o percentual de restituição previsto é de 25% do acréscimo de ICMS gerado com a expansão.

LEIA MAIS: O que muda com a nova política de incentivos fiscais aprovada na Câmara

O que mais foi aprovado

  • Loteamento Motocross – Foi autorizado o asfaltamento de oito ruas do Loteamento Motocross. As obras serão viabilizadas por meio de contribuição de melhoria – imposto cobrado dos moradores quando há uma valorização imobiliária decorrente de uma obra pública.
  • Abrigo São Francisco – Foi autorizada a assinatura de um convênio com o Abrigo de Animais São Francisco de Assis para o recolhimento, albergagem e encaminhamento para adoção responsável de cães e gatos. A entidade receberá R$ 10 mil mensais da Prefeitura.
  • Agricultores em eventos – Foi aprovado projeto que assegura a participação de produtores rurais em eventos organizados, patrocinados ou apoiados pela Prefeitura, quando houver comercialização de produtos alimentícios. O projeto é de autoria do vereador Rodrigo Rabuske (PTB).

LEIA MAIS:

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.