Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

BRASILEIRÃO

Inter vence o Bahia e fica perto da zona da Libertadores

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Internacional segue perseguindo o topo da tabela do Brasileirão, e está perto de seu objetivo de entrar na zona de classificação para a Copa Libertadores do próximo ano. Na tarde deste domingo, 26, o colorado venceu o Bahia por 2 a 0 pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, e com mais três pontos, agora ocupa a sétima posição na classificação.

O Inter venceu com gols de Yuri Alberto na primeira etapa e Rodrigo Dourado, no segundo tempo. Com a oitava vitória no campeonato, o time do técnico Diego Aguirre está perto do G4, que dá vaga direta na Libertadores.

PRIMEIRO TEMPO

Os dois times cadenciavam o jogo e tinham dificuldades em quebrar a defesa adversária. O Inter foi um pouco melhor que o Bahia no primeiro tempo e conseguiu marcar seu gol na reta final, em uma partida com raras chances de gol na etapa inicial.

Taison havia proporcionado a melhor chance de gol do colorado, aos 11 minutos. Ele recebeu fora da área, de frente pro gol e chutou com força. A bola, que ia no canto do gol, desviou na defesa e saiu por escanteio.

O jogo corria sem grandes emoções, e o primeiro tempo se encaminhava para terminar empatado, até que em um escanteio cobrado por Edenílson aos 38, Yuri Alberto apareceu entre os marcadores na área para cabecear com força e fazer o gol do Inter.

O Bahia pouco produziu na primeira etapa. A melhor chance do time visitante ocorreu pouco antes do gol colorado, em uma jogada onde o atacante Gilberto, que entrou no jogo aos dez minutos em virtude da lesão de Rodriguinho, apareceu na linha de fundo pela direita e bateu cruzado, em chute espalmado pelo goleiro Daniel.

SEGUNDO TEMPO

O Inter chegou com Taison aos seis minutos da segunda etapa. Em uma cobrança de falta, o jogador obrigou o goleiro Matues Claus a fazer uma grande defesa e espalmar por cima do travessão.

O Bahia avançou na segunda etapa. Aos nove, Gilberto cabeceou na área do Inter após cruzamento da direita, a bola quicou no gramado e saiu raspando a trave.

O Inter trocou: Taison saiu aos 17 e Guerrero entrou em seu lugar. Aos 23 minutos, o goleiro do Inter evitou o empate: Juninho Capixaba recebeu uma bola na intermediária pela esquerda e chutou para o meio da área. O centroavante Gilberto cabeceou às costas da marcação e a bola saiu com força, mas Daniel espalmou de mão trocada e fez defesa difícil para evitar a igualdade.

Cinco minutos depois, O Inter ampliou o placar e definiu a partida. O zagueiro Victor Cuesta avançou e cruzou com perfeição na cabeça de Rodrigo Dourado, que apareceu quase na marca de pênalti para cabecear com força para o fundo do gol e fazer o 2 a 0 para os donos da casa.

A tarde ainda teve a estreia do meia Gustavo Maia, que entrou no lugar do lateral Heitor aos 36. O jogador teve um bom lance na partida, quando recebeu na área pelo lado esquerdo e finalizou de perna direita no canto do gol, mas Mateus Claus caiu para defender aos 47.

O Bahia lutou pelo seu gol. O técnico Argentino Diego Dabove mudou a equipe e o time teve chances, mas parou no goleiro do Inter ou acabou errando o alvo, como em cabeceio do colombiano Rodallega, que finalizou na área com perigo aos 38 minutos, após receber cruzamento de Nino e definir para fora do gol.

Para o Internacional, foi a oitava rodada seguida sem perder. Na sétima posição, com 32 pontos, o Inter está a um ponto do Corinthians, sexto colocado, e do Bragantino, quinto, com 33 pontos, e a dois do Flamengo, o primeiro entre os quatro primeiros, com 34 pontos. O Fortaleza é terceiro com 36 pontos. Na próxima rodada, sábado, 21 horas, o Inter joga fora de casa contra o líder, Atlético Mineiro, que com 46 pontos, já abriu oito pontos sobre o vice-líder, Palmeiras, com 38.

O Bahia entrou na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com 23 pontos, e pega o Ceará na próxima rodada, no sábado, 2, 19h.

FICHA TÉCNICA
BRASILEIRÃO 22ª RODADA
INTERNACIONAL 2X0 BAHIA

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre-RS
Data/Horário: 26/09, 16h
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, com Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Michael Correia
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (quarteto fluminense)
Cartão amarelo: Heitor, Victor Cuesta (Inter); Lucas Mugni, Gilberto (Bahia)
Cartão vermelho:
Gol:
Yuri Alberto, aos 38min/1ºT, Rodrigo Dourado, aos 28min/2ºT (Inter)

INTER
Daniel; Heitor (Gustavo Maia), Bruno Méndez, Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso, Patrick (Maurício), Edenilson e Taison (P. Guerrero); Yuri Alberto (Palacios)
Técnico: Diego Aguirre

BAHIA
Mateus Klaus, Nino, Lucas Fonseca (Gustavo Henrique), Luiz Otávio, Juninho Capixaba, Edson (Patrick de Lucca), Mugni, Rodriguinho (Gilberto), Oscar Ruiz (Toni Anderson), Rodallega, Isnaldo (Galdezani)
Técnico: Diego Dabove

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.