Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

ESPAÇO NOSTALGIA

Moedas que contam passagens da história

Foto: Pâmela Silva/EC Avenida

Marco com a coleção

Olá! Moedas antigas são um dos mais típicos elementos de coleção. E é um acervo muito especial de um apaixonado por numismática, a arte de colecionar moedas, que trazemos hoje. Quem nos leva nessa viagem pelo tempo, inclusive para o século 19, é o santa-cruzense Marco Limberger. Ele já colecionou vários outros itens, e atualmente possui mais de 5 mil moedas. Com isso, também deixamos dicas de como iniciar um acervo para todos aqueles que possam ter interesse em guardar melhor moedas de outras épocas que já possam ter em família.

E nossa viagem ainda inclui os pingentes e broches que se usavam no passado; o popular Falcon, da Estrela; e, em tempos de Olimpíadas, uma promoção que a Pepsi lançou em 1964. Venha conosco!

Colecionismo

Nesta edição, a 30ª, vamos conhecer a belíssima coleção de moedas de Marco Limberger, empresário no ramo da telefonia em geral e energia solar fotovoltaica. O santa-cruzense, hoje com 60 anos, já foi colecionador de carteiras de cigarros, bolitas (clicas), chaveiros, caixas de fósforos, álbuns de figurinhas, latinhas, garrafas, e desde 2016 dedica-se a colecionar moedas circulantes.

LEIA TAMBÉM: FOTOS: aposentado tem uma coleção digna de figurar em cartão-postal

Atualmente, em seu acervo, Limberger já acumula mais de 5 mil moedas, divididas em quatro categorias: moedas do Reino Unido, que circularam entre 6/2/1818 até 7/9/1822; moedas do Império, de 7/9/1822 a 15/11/1889; e outras duas fases da República, de 15/11/1889 até 28/5/1968, e depois de 28/5/1968 até os dias de hoje.

Algumas se destacam mais, caso da moeda de 20 réis de 1822, muito antiga porém não valiosa. Outra moeda muito linda é a de 2000 réis de 1889, ou uma de 2000 réis de 1926, uma flor de cunho (como se diz na linguagem numismática, quando a moeda está em estado impecável). São tantas que poderíamos ficar o dia todo comentando sobre elas. Mas para não deixar de fora as mais novas, temos algumas moedas raras do Real, que são as moedas comemorativas de 1 Real da bandeira, de 1 Real dos direitos humanos, ou ainda uma moeda de 50 centavos que saiu sem o zero.

Depois de tanta história e beleza, pedi a Marco algumas dicas para quem quiser iniciar uma coleção. Imagine que você tenha 150 ou 200 moedas, uma boa média de quem juntava sem muita ordem no passado. Então você vai precisar de 200 coin holder, para envolver e proteger suas peças, para não deixá-las amontoadas, e dez folhas plásticas para uma pasta. Isso daria para acomodar umas 200 moedas.

LEIA TAMBÉM: Espaço Nostalgia: um caneco de chope é muito pouco pra ele

Mais tarde, pode adquirir um álbum de capa dura e assim vai conhecendo-as, vendo quais faltam, de quais gosta mais, as mais difíceis, as de vários materiais e épocas… Para você poder avaliar sua moeda, indico um catálogo que possui indicadores de moedas e cédulas, que lhe dará um parâmetro de valor no mercado da numismática. Eu uso o “AMIGO”, mas existem outros que, comparados, não mudam muito o valor. Infelizmente sites ou posts não servem como referência para avaliação, apenas criam uma falsa expectativa. Se gosta de colecionar, em pouco tempo família, amigos e conhecidos vão sabendo do seu hobby e muitas peças bacanas vão chegando quase que como mágica.

Pingentes e broches faziam sucesso

Em décadas passadas, esses acessórios fizeram muito sucesso. Pingentes, bótons ou alfinete de lapela eram adornos que complementavam a vestimenta masculina, muitas vezes identificando sua representatividade, como clube ou profissão. Já para as damas, os broches com formato de flores, pedras e brilhos davam um toque especial em vestidos e blusas. Hoje compartilho um presente que ganhei semanas atrás de dona Vera Garcia, esposa do saudoso Osvaldo Antônio Garcia, o Vadinho, como era conhecido entre atletas e jogadores de basquete da Sociedade Ginástica. Esse alfinete da Ginástica foi concebido na década de 1960, talvez em comemoração aos 70 anos do clube, e era usado para identificar o clube do coração.

Diferentes versões de broches ou alfinetes, entre eles o que ganhei de dona Vera Garcia, o da Sociedade Ginástica

LEIA TAMBÉM: FOTOS: a coleção de quem gosta de poupar

Falcon, um herói de verdade

Um dos mais memoráveis brinquedos que a Estrela lançou na década de 1970 foi o boneco Falcon, inspirado na franquia GI JOE. Falcon era o herói de verdade, lançado em 1977 em duas versões: Ação Camuflada, que tinha o boneco moreno com roupas camufladas e barba; e o Contra-ataque, moreno sem barba e uniforme verde, que marcaram época na sua estreia. O sucesso foi tão grande que já em 1978 a família aumentou, e o Falcon loiro com barba e seu turbocóptero amarelo deram sequência à edição. No ano seguinte, em 1979 a coleção se completa com a chegada do Falcon ruivo e o Jipe. Sonho de consumo de dez entre dez garotos da época, agora o time estava completo.

Promoção Pepsi Olimpíadas de Tóquio, mas em 1964

Se na edição passada lembramos do álbum passaporte para olimpíadas da Coca-Cola, para esta edição vamos relembrar da promoção da Pepsi e recordar dos jogos olímpicos de Tóquio. Foi com a ajuda do colecionador e pesquisador de refrigerantes de Ribeirão Claro (PR), Paulo Sofia, ou PaDu, como é conhecido, que tivemos acesso à reportagem de como funcionou essa promoção. Para formar sua coleção olímpica da Pepsi com dez lindas miniaturas diferentes, você tinha que juntar cinco tampinhas, remover a cortiça e encontrar cinco figuras iguais para trocar por uma miniatura da figura correspondente. As miniaturas eram de futebol, arremesso, ginástica, tiro, esgrima, atletismo, boxe, levantamento de peso, lançamento de dardo e natação.

Contribua!

Para participar da nossa coluna, você pode remeter e-mail para [email protected] ou enviar Whats para (51) 99606 3507. Assim você nos conta de qual quadro quer participar, com sugestões.

LEIA TAMBÉM: FOTOS: venâncio-airense coleciona almanaques de farmácia

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.