Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

JF VIGHI

Muito bem

Após quase dois anos, o público voltou aos estádios. Foi assim nesse sábado, 11, em São Gabriel. O Avenida fez o jogo que precisava para vencer por 1 a 0. Aos poucos, Márcio Nunes vai fazendo algumas alterações de jogadores que estavam lesionados e voltando ao time. É o caso do Roger e do Juliano. O Avenida começa o segundo turno ainda sem terminar o primeiro, por isso está na vice-liderança. O importante é manter a intensidade que deixa o Periquito nessa condição privilegiada. Com a vitória na Fronteira, projeta-se uma futura classificação nas primeiras colocações. Facilita o mata-mata, para jogar a segunda em casa.

Enfim

O Grêmio fez um primeiro tempo muito ruim e achou dois gols. Felipão surpreendeu ao escalar Jonathan Robert pela direita e Alisson no meio. Além disso, a zaga foi a reserva. O Tricolor mostrou pouca qualidade e o Ceará foi melhor em alguns momentos do jogo. Dois lances isolados resultaram nos gols de Diego Souza e Ferreirinha. Na etapa final, o Grêmio segurou mais o jogo e manteve o resultado. O desempenho melhorou. A vitória traz a expectativa da recuperação no campeonato.

Colorado em ação

Não dá para reclamar mais da falta de tempo. Assim como o Grêmio, o Internacional teve também um bom período para treinamentos. Dois titulares absolutos farão falta contra o Sport Recife em Pernambuco. Rodrigo Dourado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Taison, lesionado, estão fora. O adversário faz uma campanha muito ruim, e não posso descartar uma vitória colorada. Aos poucos, Diego Aguirre tem conseguido uma boa definição na estratégia de jogo. Vencer é importante até para dar uma mãozinha ao arquirrival Grêmio.

LEIA MAIS COLUNAS DE JF VIGHI

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.