Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

PANDEMIA

Prefeitura de Santa Cruz vai desativar Hospital de Campanha

A Prefeitura de Santa Cruz do Sul confirmou que o Hospital de Campanha, montado no ginásio Poliesportivo, será desmontado. O Gabinete de Emergências discutiu a questão e, avaliando o contexto atual da Covid-19 em Santa Cruz do Sul, entendeu que a estrutura já não é mais necessária.

Nesta quinta-feira, o prefeito Telmo Kirst (PSD) acompanhou a deliberação do gabinete e decidiu não renovar o contrato, que vence nesta sexta-feira, 18. O local conta com 50 leitos clínicos e, desde o início de sua operação em 23 de março, nenhuma pessoa ficou internada.

LEIA MAIS: Hospital de Campanha terá futuro definido nesta quinta-feira


Já o Ambulatório de Campanha, que opera no mesmo prédio, segue funcionando. Entretanto, com a redução da demanda, técnicos da Secretaria Municipal de Saúde reavaliaram a necessidade do funcionamento 24 horas por dia. A partir da próxima segunda-feira, 21, os atendimentos ocorrem das 7 às 21 horas, todos os dias da semana. O novo horário segue por prazo indeterminado.

Inaugurado em 23 de março, para apoiar a rede hospitalar do município e da região, o local foi um dos primeiros a ser implantado no Estado. A estrutura não teve custos para os cofres públicos – seu funcionamento foi integralmente pago pela empresa Philip Morris Brasil.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.