Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

RIO PARDO

Primavera dos Museus abre nesta quarta-feira com tour virtual e show de orquestra

Igreja São Francisco de Assis é um dos pontos com visitação aberta

A abertura da 15ª edição do Primavera dos Museus, com o tema Perdas e recomeços, proposto pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), será nesta quarta-feira, 22, a partir das 17 horas, com o tour virtual Minuto do Museu, transmitido ao vivo no Facebook da Prefeitura de Rio Pardo. Já às 20 horas, o espetáculo musical na Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário será com a orquestra da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

No sábado, 25, das 18 horas às 22 horas, o evento será a Noite dos Museus. A Prefeitura realiza a iniciativa desde maio, com um intervalo de aproximadamente três meses. Os locais abertos para visitação, de forma gratuita, são o Centro Regional de Cultura, Igreja São Francisco de Assis e Museu de Arte Sacra, Cantinho do Artesão e Associação das Artesãs de Rio Pardo, Sala Açoriana, Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário, Igreja Senhor Bom Jesus dos Passos, Solar do Almirante e Museu Zoológico Áureo Müller.

LEIA MAIS: VÍDEO: o valioso museu criado por Biágio Soares Tarantino

Na quinta e sexta-feira, os pontos citados estarão abertos nos horários de costume. Entre quarta-feira e sábado, das 9 horas às 12 horas e das 13h30 às 17 horas, haverá visitas mediadas ao Museu Histórico Municipal Barão do Santo Ângelo, Sala Açoriana e Mostra Fotográfica Rio Pardo – Memória e Monumento. Os interessados devem se dirigir até a sala 208 do Centro Regional de Cultura (Rua Andrade Neves, 679) para iniciarem o passeio.

Conforme o secretário de Cultura, Tiago Mello, o evento é importante para resgatar o sentimento de pertencimento na população e o protagonismo histórico de Rio Pardo. “Aqui nasceu o hino rio-grandense, aqui está a primeira rua calçada do Estado e aqui ocorreram diversos fatos históricos que contribuíram diretamente na formação do Estado”, salienta. “É uma forma de a população se apropriar da história de Rio Pardo e ajudar na recuperação e preservação do patrimônio”, completa.

LEIA MAIS

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.