Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

VACINAÇÃO

Mudanças no intervalo entre doses da Covishield causam confusão em Santa Cruz

Foto: Aline Silva

Alessandra Gruendling (de preto, à esquerda) fez a primeira dose em 21 de maio e acabou prejudicada pela confusão

Os santa-cruzenses que buscam a segunda dose da vacina contra a Covid-19 na manhã desta segunda-feira, 2, se deparam com um impasse. A situação acontece com as segundas aplicações da Covishield (vacina da Oxford/Astrazeneca/Fiocruz), no SIS da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Isso porque a Prefeitura informou nesse domingo que poderiam receber a segunda dose as pessoas que receberam a primeira aplicação no dia 24 de maio ou antes, ainda com prazo de 10 semanas entre as aplicações, determinado pelo Governo do Estado ainda em 12 de julho.

Na Unisc, no entanto, a informação é de que só podem ser vacinadas aquelas que já completaram 12 semanas desde a primeira dose, já que a diminuição do prazo entre doses foi revogada no dia 21 do mês passado. Assim, quem aguarda na fila e está no período anterior às 12 semanas não encontra respostas. “Esta data está no site da Prefeitura, eu quero ser vacinada”, disse à Rádio Gazeta Alessandra Gruendling, moradora de Santa Cruz que recebeu a primeira dose no dia 21 de maio e desde sexta-feira tenta receber a segunda aplicação.

Após a confusão, a Vigilância Epidemiológica informou aos aplicadores na Unisc que realmente só podem se vacinar as pessoas que já completaram 12 semanas desde a primeira dose. Isso porque só valeu o prazo de dez semanas para quem havia feito a primeira dose até o dia 20 de maio. Os vacinados a partir do dia 21 de maio precisam seguir a data anotada na carteira de vacinação, respeitando o intervalo de 12 semanas. Ainda na manhã desta segunda-feira, a Prefeitura emitiu uma nota sobre o caso (veja abaixo).

“Fico muito chateada com estas situações em que a gente tem que estar revendo. A gente tem que rever diariamente as regras. Acabamos de receber novas orientações em relação às segundas doses. Cada lote recebido tem sua particularidade”, disse a secretária Municipal da Saúde, Daniela Dumke, em entrevista à Rádio Gazeta FM 107,9. Daniela afirmou que vai se reunir com a equipe de imunizações do Município e que vai entrar em contato com a 13ª Coordenadoria Regional da Saúde (CRS) para tentar padronizar e organizar as informações sobre a imunização.

A informação correta é, portanto, que deve procurar a segunda aplicação da Covishield quem recebeu a primeira dose da vacina até o dia 20 de maio ou já completou as 12 semanas. As segundas doses da Coronavac e primeiras doses da Pfizer (apenas para adolescentes com comorbidades, gestantes e puérperas) precisam ser agendadas pelo telefone 3715-1546.

LEIA TAMBÉM: Veja como será a vacinação contra a Covid-19 nesta segunda-feira

Veja a nota da Prefeitura

Nota oficial

A Secretaria da Saúde informa que recebeu uma nova orientação do governo do Estado em relação a aplicação da segunda dose da Covishield. O intervalo entre a primeira e segunda dose retorna para 12 semanas.

A nova orientação, conforme o lote atual de doses disponíveis, é a seguinte:

  • quem fez a primeira até 20/05 poderá realizar a segunda com intervalo de 10 semanas
  • quem fez a primeira a partir de 21/05 deverá realizar a segunda dose com intervalo de 12 semanas

Esta orientação já está sendo aplicada nos pontos de vacinação.

Colaborou a repórter Aline Silva.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.