Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

DIRETO DA REDAÇÃO

Um mergulho no universo do tabaco

A identificação da Gazeta com a cadeia produtiva do tabaco sempre foi muito saliente, até porque não faria qualquer sentido que um veículo de comunicação, em qualquer realidade regional, não buscasse espelhar e enaltecer as forças econômicas de seu ambiente de atuação. Até porque é da natureza da imprensa evidenciar os fatos e os feitos dos ambientes nos quais atua. E Santa Cruz do Sul e o Vale do Rio Pardo, para não dizer toda a área central do Rio Grande do Sul (como de resto o Sul do Brasil), convenhamos, estão apoiados no setor produtivo e industrial do tabaco. É esse produto, essa matéria-prima, que projeta e insere o País num seleto e concorrido mercado mundial. E, não por acaso, por sua competência, pela qualidade do que oferece e pela competitividade que soube granjear, desde 1997 a região coloca o Brasil no topo do ranking do comércio mundial de tabaco em folha.

E se a Gazeta tem essa proximidade com os ambientes de produção, processamento e comercialização de tabaco, é natural que em sua rotina de elaboração de conteúdos, na Gazeta do Sul, no Portal Gaz, na EI e nas rádios, ela acompanhe com atenção tudo o que ocorre no segmento. Essa preocupação ficou mais uma vez enfatizada nesta semana, e será reforçada ao longo da próxima. Nesta sexta-feira, em live, foi compartilhado mais um Anuário Brasileiro do Tabaco, a 24a edição, relativa a 2020, desta publicação bilíngue, que se firmou dentro e fora do País como ferramenta de divulgação sobre as realidades de produção e de mercados. Enquanto muitas vezes as mídias de outros centros se aliam, de uma forma algo ingênua e até precipitada, ao discurso antitabagista, a Gazeta, porque conhece profundamente os méritos e as inegáveis contribuições da energia do tabaco em todas as áreas da sociedade, defende abertamente as realizações deste segmento. E o Anuário Brasileiro do Tabaco talvez seja a cristalização, a concretização extrema, desta determinação em defender, valorizar e enaltecer o setor.

Assim como o faz outra iniciativa da Gazeta, que por sinal será desencadeada neste domingo: a Expedição Os Caminhos do Tabaco 2021. Neste caso, pelo sexto ano seguido, uma equipe percorre propriedades identificadas com a produção de tabaco nos três estados do Sul para mostrar como vivem as famílias e o quanto essas folhas contribuem para a sua qualidade de vida e para a economia regional. Como fica evidenciado em matéria na página 16 desta edição (na página 17 é divulgada a live de apresentação do Anuário, nesta sextafeira), terei inclusive a alegria de integrar o grupo que percorrerá, ao longo da próxima semana, cerca de 3 mil quilômetros entre Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, para visitar produtores. Tudo isso será detalhado em página diária na Gazeta do Sul, bem como em conteúdos específicos no Portal Gaz e participações na Rádio Gazeta FM 107,9. Desde já, convidamos leitores, internautas e ouvintes a acompanharem esse roteiro, a fazerem a viagem conosco, para conhecer um pouco mais, e melhor, sobre o mundo do tabaco.

Um bom final de semana para todos!

LEIA OUTRAS COLUNAS DE ROMAR BELING

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.