Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Novo duelo direto

Com os mesmos objetivos: Inter enfrenta o Santos neste domingo

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Com maus resultados nos últimos jogos, Inter precisa de recuperação para não perder a chance de disputar o torneio continental

Internacional e Santos passaram grande parte do Campeonato Brasileiro com missões diferentes. Enquanto os gaúchos chegaram a ocupar posição de destaque, os santistas lutaram demais contra o rebaixamento. A três rodadas do final, os times se enfrentam com campanhas similares neste domingo, no Beira-Rio, às 19 horas, em Porto Alegre.

O Inter soma 47 pontos, com 12 vitórias, 11 empates e 12 derrotas, enquanto o Santos, que tem 45, acumula 11 triunfos, 12 igualdades e 12 revezes. Os donos da casa estão em queda na competição, após a derrota para o Fluminense (a terceira consecutiva), no Rio de Janeiro. Já os visitantes estão embalados pela vitória sobre o Fortaleza em casa.

O técnico Diego Aguirre não poderá contar com Rodrigo Dourado e Paulo Victor, suspensos, além dos lesionados Daniel (fissura na costela), Rodrigo Lindoso (lesão muscular na coxa esquerda) e Yuri Alberto (edema ósseo no pé esquerdo). Johnny deverá ter mais uma oportunidade para atuar ao lado de Edenilson. Gabriel Mercado poderá sair da lateral direita, como ocorreu na derrota por 1 a 0 para o Fluminense, e ser substituído por Saravia, com a entrada de Maurício no meio-de-campo.

LEIA MAIS: Inter perde o confronto direto contra o Fluminense

Após o revés no Maracanã, o executivo de futebol Paulo Bracks exigiu mais atitude para buscar a vaga à Libertadores. “A direção assume a responsabilidade dessa sequência ruim. Estamos aqui para tentar reverter isso. E vamos reverter nessas três partidas que faltam para a gente fechar o ano num andar mais alto, condizente com a nossa camisa”, afirmou o dirigente. Ele comentou ainda sobre o áudio vazado do ex-coordenador de preparação física, Paulo Paixão, que fez críticas a alguns jogadores do elenco, como Boschilia, Patrick, Cuesta e Dourado. “O que aconteceu com o professor Paulo Paixão, a quem eu muito respeito, não só eu, como a direção atual e, sobretudo, o Internacional, tem uma história vinculada de um lado e de outro. Foi uma opinião pessoal que ele exteriorizou, a qual não compartilhamos. Foi uma decisão pessoal dele de pedir o desligamento.”

No lado do Peixe, Fábio Carille mostra otimismo até com a possibilidade de o time beliscar “algo mais” na competição, o que seria a classificação para a Libertadores. “Ainda precisamos de mais pontos nas partidas que nos restam”, disse o treinador, referindo-se aos duelos com Flamengo (fora de casa) e Sport (na Vila). Carille não poderá contar com os experientes atacantes Marinho e Diego Tardelli. Ambos foram substituídos diante do Fortaleza, com dores musculares.

LEIA TAMBÉM: Grêmio perde para o Bahia e piora ainda mais sua situação na tabela

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.