Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Santa Cruz

Falsos advogados tentam aplicar golpes virtuais

Foto: Pixabay

Casos de golpistas que se passam por advogados têm aumentado nos últimos dias em Santa Cruz do Sul. Pelo menos quatro contas de WhatsApp ou Instagram sofreram algum tipo de ação criminosa virtual, em situações que chegaram ao conhecimento da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) nesta semana. A entidade emitiu uma nota nessa quarta-feira, 12, com orientações aos profissionais e também à população para que tomem cuidado com as abordagens.

“A OAB orienta os profissionais e seus clientes a não responderem, nem prestarem quaisquer informações diante destes e de outros inúmeros golpes que vêm sendo aplicados virtualmente. Por esta razão, a subseção Santa Cruz recomenda que a advocacia santa-cruzense fique atenta a possíveis estelionatários em busca de dados para aplicação em golpes, bem como, que os advogados prejudicados informem a OAB e órgãos públicos competentes acerca da existência destas práticas ilícitas”, diz parte do texto, que é assinado pela presidente da entidade em Santa Cruz, Manuela Braga.

LEIA MAIS: Aumentam as invasões de perfis do Instagram na região

À Gazeta, ela relatou um caso que lhe foi revelado na terça-feira. Após a nota divulgada, mais denúncias chegaram ao seu conhecimento. “Eles usam fotos e imagens dos profissionais e acabam pedindo dinheiro. Em uma dessas situações, um golpista se identificou como advogado criminalista. Disse que existia um processo criminal e a pessoa teria que responder por pedofilia, mas o advogado em questão nem era da área criminal”, explicou Manuela.

Manuela Braga, da Ordem: “Fica o alerta”

“Felizmente, não houve lesados, mas fica o alerta para os profissionais cuidarem suas contas e senhas de WhatsApp e Instagram. Também peço à comunidade que, quando receberem mensagem de alguém, certifiquem-se de que é mesmo advogado, qual o número da OAB, se a foto condiz com o nome ou o que tem nas redes sociais dele. Digo isso porque os advogados não fazem contato via WhatsApp oferecendo serviços, pois essa ação é vedada pelo código de ética”, salientou a presidente da OAB. Dúvidas a respeito de possíveis ações fraudulentas de estelionatários podem ser tiradas pelo telefone da OAB, (51) 3715 3155.

LEIA TAMBÉM: INSS alerta para golpes com consignado

Código enviado por golpista travou celular

Em outros casos, estelionatários também tentaram se passar por advogados, no entanto, em vez de oferecer o serviço profissional, pediram dinheiro para parentes deles. Uma situação do tipo aconteceu com o advogado Diogo Böhm. “Pegaram a foto de um colega de Porto Alegre, usaram meu nome e um número aleatório que não era nem meu, nem desse outro colega, e contataram meus familiares pedindo dinheiro. Meu pai logo desconfiou e comentou algumas coisas que fizeram o golpista bloqueá-lo. Felizmente, ninguém foi lesado.”

No caso de Roberto Weiss Kist, ao mesmo tempo que se passavam por ele com outro número, tentando pedir dinheiro para sua mãe pelo WhatsApp, outro golpista estava trancando a verdadeira conta dele para que não pudesse responder ou enviar mensagens pelo aplicativo. “Este outro estelionatário me enviou alguns códigos que, pelo que falei com um especialista, travam o celular só de receber. Não conseguia me comunicar com minha mãe por ali. Meu WhatsApp ficou trancado por horas, até eu conseguir reaver a conta”, afirmou.

LEIA TAMBÉM: Golpe da quitação de financiamento de veículos faz vítimas em Santa Cruz

Para Diogo Böhm, a dúvida fica pelo fato de que os golpistas tiveram acesso a números de familiares dele sem uma invasão ao celular, que pudesse indicar quem são os contatos de parentes. “Não tive invasão no meu WhatsApp, continuei operando ele normalmente. O que pode ter acontecido é o vazamento de alguma lista com informações pessoais, sobretudo de advogados mais especificamente, pois, em uma percepção minha, vejo que aconteceram casos recentes envolvendo esses profissionais”, complementou.

LEIA TAMBÉM: Golpista se passa por advogado e some com joias; prejuízo é de R$ 5 mil

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.