Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Ajuda

Toda população afetada será atendida, diz Defesa Civil

Foto: Leandro Porto

A chuva torrencial que causou estragos em praticamente todos os bairros de Santa Cruz do Sul na noite dessa quinta-feira, 28, foi pauta de uma reunião emergencial na manhã desta sexta-feira, 29, na Prefeitura. O encontro solicitado pela prefeita Helena Hermany, teve a presença das equipes da Defesa Civil e das secretarias municipais.

A estação meteorológica da Gazeta Grupo de Comunicações registrou 108 milímetros de precipitação em cerca uma hora na área central da cidade. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Anderson Matos Teixeira, por enquanto ainda não é possível identificar qual dos bairros do município foi mais atingido. “De modo geral todo o município foi afetado. Tem áreas que têm pessoas com mais vulnerabilidade e nós estamos dando prioridade para atender essas pessoas, mas não significa que nós não vamos atender o resto da população. Todo mundo que precisar vai ser atendido”, disse.

LEIA MAIS: FOTOS E VÍDEOS: chuva torrencial causa alagamentos em Santa Cruz

Conforme ele, não houve relatos na zona rural, então, por enquanto os estragos foram só no perímetro urbano. “Temos uma quantidade muito grande de rios, córregos, arroios, valas e isso contribuiu ainda mais para agravar a situação.” Teixeira disse que nessa quinta-feira foi o feito o atendimento emergencial às famílias. “Nesta sexta-feira nós faremos uma avaliação de danos. Amanhã [sábado, 30] quando a gente concluir essa avaliação, talvez tenhamos um direcionamento melhor de para onde vão nossos esforços”, esclareceu.

Ainda de acordo com o coordenador, a reunião desta segunda-feira, 29, serviu, basicamente, para distribuir funções para as equipes. Ele pontua que as equipes somarão esforços para tentar sanar ainda nessa sexta-feira, no mais tardar neste sábado, as consequências do evento da noite dessa quinta-feira.

LEIA MAIS: Chuva como a dessa quinta pode se repetir nos próximos dias

Doações

A Prefeitura de Santa Cruz do Sul se mobilizou e montou uma estrutura para receber doações e cadastrar famílias que neste momento necessitam de algum tipo de auxílio material. Conforme o coordenador da Defesa Civil, Anderson Matos Teixeira algumas pessoas chegaram a perder tudo o que tinham, sendo grande parte, moradores de bairros mais vulneráveis e famílias carentes.

As doações estão sendo recebidas no pavilhão 3 do Parque da Oktoberfest. Os itens mais necessários são eletrodomésticos, móveis, roupas e alimentos. No mesmo local famílias que precisam de auxílio devem se dirigir para efetuar um cadastro. A Prefeitura deve providenciar também uma operação de recolhimento de móveis estragados.

LEIA MAIS: Após chuva, esgoto invade casa no Bairro Bom Jesus

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.