Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

HAPPY HOUR

Viagens: Boston e Nova York

No ano de 2004, fomos agraciados com uma viagem aos Estados Unidos, numa campanha nacional realizada para os corretores de todo o Brasil pela Liberty Seguros. O objetivo, além de visitar Boston e Nova York, era conhecer a matriz e tomar um café da manhã com o presidente internacional da seguradora e seus principais executivos mundiais.

Chegamos a São Paulo, onde houve a recepção aos corretores de todo o Brasil no recém-inaugurado Hotel Caesar Park.

À noite, depois do jantar, nos fizeram uma surpresa agradabilíssima, quando tivemos um show exclusivo do cantor Sérgio Reis, acompanhado de seus dois filhos. Eles nos brindaram com as canções de seu recém-lançado CD.

No dia seguinte, chegamos ao destino de nossa viagem, Estados Unidos. Em Boston, fomos alojados no confortável Marriott Boston Copley Palace Hotel e, cansados do longo percurso, jantamos e nos recolhemos aos aposentos. 

Durante a nossa estada em Boston, tivemos a oportunidade de fazer diversos passeios, conhecendo as principais atrações turísticas da cidade. Os corretores e suas esposas eram conduzidos por dois ônibus, especialmente contratados.

No nosso grupo, em sua maioria do Sul, nosso “guia” principal eram o presidente Mauretti e sua esposa. Andamos no Duck Tours, que se locomove na terra e na água, proporcionando momentos emocionantes e muito divertidos aos passageiros.

Também nos foi oportunizado conhecer a famosa mansão The Breakers, residência oficial da família, que era ocupada especialmente no verão. Simplesmente deslumbrante! Outro local que admiramos muito foi Newport, balneário favorito daqueles que representavam o poder socioeconômico no passado. A arquitetura é colonial; data de 1539.

À noite, fomos convidados para um belíssimo passeio de barco nas águas que banham essa maravilhosa cidade americana. O ponto culminante foi o lauto jantar a bordo; após, todos se divertiram ao som de muita música e dança. Logicamente, a bebida estava liberada e a festa se estendeu até altas horas da noite.

No último dia em Boston, visitamos a matriz internacional da Liberty. Foi um encontro bastante proveitoso, onde fomos apresentados ao presidente internacional, sr. Tom Ramey, que, no seu pronunciamento, falou dos projetos futuros dessa grande empresa para a América do Sul, especialmente para o Brasil.

Também tivemos a oportunidade de questionar as diferenças entre o mercado americano e o brasileiro, incipiente e complicado para as companhias que aqui se instalaram, principalmente para aquelas que inovaram com a implantação do perfil do condutor dos veículos segurados, que é o caso da Liberty, pioneira nesse procedimento.

Perguntamos se nos Estados Unidos também usavam o perfil, quando nos responderam que lá o segurado é controlado pela placa do veículo, que não muda na compra de um novo, sendo que todas as companhias têm acesso a essas informações.

LEIA TODAS AS COLUNAS DE CLÓVIS HAESER

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.