Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

ESPAÇO NOSTALGIA

VÍDEO E FOTOS: uma bela Surpresa em cada chocolate…

César Machado e sua coleção de figuras do Surpresa

Olá! Nas décadas de 1980 e 1990, muitos dos leitores certamente lembrarão, quando se adquiria um chocolate Surpresa vinha junto uma imagem que podia ser colecionada.

A ação deu tão certo que a Nestlé manteve essa promoção por cerca de 15 anos, e não foram poucas as pessoas que guardaram as figuras e os álbuns ao longo do tempo. Eu inclusive, naturalmente.

Hoje tenho quase todos os álbuns, com suas figuras, e sigo atento à procura daquelas que me faltam. Os motivos eram os mais diversos, em geral ligados à natureza, como animais e pássaros, entre outros.

LEIA MAIS: Espaço nostalgia: uma “garagem” de carrões de encher os olhos

E ainda recordamos aqui das onipresentes edições de Sabrina, Julia e Bianca, leitura predileta de gerações de mulheres; do radinho do Pinocchio e das minigarrafas da Coca-Cola. Vamos viajar no tempo?

Colecionismo

Quando paro para escrever sobre meus artigos do Espaço Nostalgia, não há como deixar de fazer uma viagem de volta no tempo. Lembro-me como se fosse hoje: eu e meu irmão Marcos Machado indo lá no Centro, no extinto supermercados Excelsior, e algumas vezes no super Ebert, comprar algumas das delícias daquela década. Nem sei explicar se era pelas delícias ou pelos sabores dos produtos em si, mas, com certeza, posso afirmar que era pelos brindes. E eles estavam nos iogurtes, nos salgadinhos da Elma Chips ou nas barras do chocolate Surpresa, coleção esta que ultrapassou uma década.

A primeira edição foi lançada no Brasil em 1983. O produto destacava-se pelo fato de trazer sempre uma figurinha colorida, geralmente com temas da natureza, contendo uma ficha com detalhes de diversos animais, como o nome popular, família, nome científico, habitat, hábitos alimentares, reprodução e particularidades. Para adquirir o álbum e colar as figurinhas, bastava enviar uma carta à Nestlé com um certo número de embalagens vazias, que variava de três a quatro embalagens. Assim, a empresa manteve o produto por mais de 15 anos no mercado brasileiro, uma vez que se tornou referência comercial nas décadas de 1980 e 1990. No meu acervo tenho todos os álbuns antigos, alguns incompletos, mas atento para completá-los.

LEIA MAIS: Moradora de Santa Cruz do Sul já esteve em 58 países e pretende escrever livro

Sabrina, Julia, Bianca…

Hoje vou tocar os corações das minhas leitoras lembrando dos romances que mexiam com a imaginação nas décadas de 1970 e 80. A primeira delas, lançada em 1977, foi Sabrina, que revitalizaria o romance de banca em nosso País, uma vez que já era considerado um gênero praticamente morto e enterrado. Os primeiros livros fizeram tanto sucesso que no ano seguinte, em 1978, chegou a série Julia, e em 1979 a série Bianca.

As mulheres mais sonhadoras, românticas e recatadas preferiam ler Bianca, já as moças mais moderninhas e impetuosas que gostavam de encarar desafios, além de serem mais liberais em seus relacionamentos amorosos, atacavam de Julia.

LEIA MAIS: FOTOS: uma coleção com a cara do verão que vem aí

Já as revistas da Sabrina eram para as meninas que adoravam devorar histórias de conflitos familiares e amorosos, mas com final feliz.

O radinho do Pinocchio

Esse é o meu mais novo brinquedo, talvez hoje um item raro, uma antiguidade: estou falando de um rádio portátil do Pinocchio. Por coincidência foi produzido no mesmo ano em que nasci, e, para minha felicidade, muito bem guardado e cuidado. Prova disso é que a embalagem dele ainda está em perfeita sintonia com o aparelho. Naquela época, olhar TV talvez fosse para poucos, uma vez que era um item caro e restrito a algumas pessoas. Agora imagine uma criança com seu radinho emblemático. Garanto que era só felicidade.

LEIA MAIS: FOTOS: você lembra do Club Social em latinha?

Para ficar No Estilo, com uma promoção da Coca-Cola

Para não dizerem que as promoções legais eram só as das décadas de 1970 e 80, aí vai uma da virada do século. Foi em setembro de 2003 que a Coca-Cola lançou a promoção de minigarrafas No Estilo. Para conquistar um dos 12 modelos, você tinha de juntar dez tampinhas da promoção, ou dez anéis de lata na cor preta, ou dez tampas plásticas também na cor preta, ou dez rótulos de 600 ml, ou ainda dez selos de copo da promoção. Feito isso, era só ir até um ponto de troca e escolher sua minigarrafa; seis delas tinham um colorido com glitter, cinco com decoração temática, e uma delas,talvez a mais rara, era a glow-in-the-dark, a minigarrafa que brilha no escuro. Mais informações sobre essa e outras coleções no Insta @cesarmachado 1976.

LEIA MAIS: FOTOS: aposentado tem uma coleção digna de figurar em cartão-postal

LEIA MAIS: FOTOS E VÍDEO: coleções administradas em família

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.