TÍTULO 01/09/2019 12h14

Belvedere é campeão da Copa Cidade de Futsal Feminino

Equipe venceu novamente o Senai na noite de sexta-feira, no ginásio do bairro Margarida, e ficou com o título

A noite de 30 de agosto de 2019 ficou registrada na história do futebol amador de Santa Cruz do Sul, como a data em que foi realizada, no ginásio do bairro Margarida, a grande final do primeiro campeonato de futsal feminino realizado exclusivamente para as equipes sediadas no bairros de Santa Cruz do Sul. Quem fez a maior festa, foi o time do Belvedere, que venceu o Senai por 1 a 0 e ficou com o título de campeão da Copa Cidade de Futsal Feminino. Na partida de ida, a equipe orientada por Rodrigo Lopes, já havia vencido por 4 a 0.

O evento, que teve como local o ginásio do bairro Margarida, começou por volta de 20h15, com uma cerimônia oficial de encerramento do certame, com direito a Hino Nacional e pronunciamentos de pessoas ligadas ao esporte amador. Falaram o coordenador da Afasc, José de Abreu; Cleber Pereira, da Secretaria Municipal de Esportes; o presidente do Departamento de Futebol Monte Alverne, Natalício Padilha, esteve presente e também falou; Geovani Rodrigues, da Didyo Produções – responsável pela arbitragem do campeonato; e Simoni Helfer, representando a Jogando Limpo e a Unisc.
 

Foto: Rogério AntonEquipe do Belvedere na decisão
Equipe do Belvedere na decisão

 

Depois dos discursos chegou o grande momento: a bola começou a rolar, os cronômetros dos árbitros Gilnei de Oliveira e Patrick Padilha haviam sido acionados para marcarem os últimos 30 minutos de jogo da Copa Cidade de Futsal Feminino, tempo que ainda separava Belvedere ou Senai do título da competição.

O grande público que lotou o ginásio - em torno de 450 pessoas segundo os cálculos dos organizadores do campeonato -, viu duas equipes muito disciplinadas e atentas em quadra. As meninas pensavam, planejavam muito bem cada ação, cada passe, e a defesa era o ponto forte de ambas, Isso fez com que a alternativa fosse tentar chutes de longe à goleira adversária. Na primeira etapa, o Senai teve uma leve superioridade, registrando as duas melhores oportunidades de gol até então. A melhor delas foi no último lance do período, quando depois de um bate-rebate na área do Belvedere, a bola passou rente a trave e saiu pela linha de fundo.

No segundo tempo, o jogo continuou no mesmo ritmo e estilo, mas um detalhe fez a diferença: aos seis minutos, o Belvedere teve uma cobrança de falta frontal. A jogadora camisa 3, Milena, chutou, a bola passou pela barreira e a foi parar no fundo da rede. Estava aberto o placar, 1 a 0, que perdurou até o final da partida, suficiente para o Belvedere garantir o título e permitir que sua torcida soltasse o grito de campeão após o apito final do árbitro. As 21h28 minutos, Gilnei Oliveira encerrou a partida e o Belvedere começou a festa.
 

Foto: Rogério AntonEquipe do Senai na final
Equipe do Senai na final

 

No final do jogo, os dois técnicos das equipes falaram e se mostraram orgulhos de suas equipes. “Nosso time superou grandes adversidades, nós tivemos de treinar no ginásio Poliesportivo, longe do nosso bairro, em noites frias, muitas meninas iam a pé. Mas elas tinham união, queriam muito este título, e hoje a recompensa veio. O grupo do Senai também está de parabéns, foram grandes adversárias, jogaram muito”.

Já Márcio Nunes, técnico do Senai, também estava muito satisfeito com sua equipe, apesar de não levarem o título. “Elas fizeram bonito, se dedicaram, treinaram, levaram a sério, ficou um grande aprendizado. Os dois times que chegaram na final estão de parabéns, o Belvedere fez a melhor campanha do campeonato. Ano que vem o Senai vai novamente participar da competição, valeu a pena em 2019”.

“Mais um campeonato organizado pela Afasc que se encerrou. Foi um grande jogo, um belo campeonato, do início ao fim, hoje as torcidas novamente deram show, como aconteceu ao longo de todo certame. A Copa Cidade de Futsal Feminino caiu nas graças das comunidades dos bairros. Foi um campeonato onde imperou a ordem, a disciplina, a amizade e o bom futsal. É deste tipo de evento que o esporte amador precisa, e a Afasc sempre vai trabalhar por isso”, falou o coordenador da entidade, José de Abreu, emocionado, no final da noite.