Santa Cruz 14/09/2018 00h45 Atualizado às 08h02

Ladras de carteira em shopping são suspeitas de outros furtos

Gravações feitas por câmeras de vigilância, que circulam nas redes sociais, exibem a ação de criminosas

Em vídeos que circulam desde essa quinta-feira pelas redes sociais, três ladras se passam por clientes comuns, em estabelecimentos de Santa Cruz do Sul, para furtar objetos dos fregueses. Os flagrantes foram captados por câmeras de segurança na quarta-feira.

O primeiro é em um restaurante localizado na Rua Gaspar Silveira Martins. Conforme a direção do local (que pediu para ter o nome do estabelecimento preservado), uma das três ladras chegou no estabelecimento por volta das 12 horas para almoçar – foi a única que comeu. As outras entraram depois e ficaram dispersas no restaurante, mexendo no celular ou bebendo água. Uma delas se aproximou de uma cliente e, sem que essa percebesse, pegou sua bolsa.

LEIA MAIS: Câmera flagra momento em que mulheres furtam carteira em shopping

Por volta das 12h07, uma das mulheres saiu sozinha e as outras duas saíram juntas. Ainda segundo a direção, elas se comunicaram por sinais para cometer o crime. Em um áudio que também circulou pelas redes sociais nessa quinta, a filha da vítima revela o tamanho do prejuízo: “Roubaram os documentos dela, a bolsa, já conseguiram transferir R$ 5 mil da conta dela. Agora a gente tá correndo pra ver se consegue recuperar alguma coisa no banco, e também temos que ir no INSS. Parece que já tentaram fazer consignados”, relata, no áudio.

Já às 13h30, outro crime com as mesmas características aconteceu no Shopping Santa Cruz. O vídeo mostra uma ladra sentando em uma mesa, de costas para uma jovem que almoça – a vítima escolhida. É possível notar que outras duas vigiam a ação e se comunicam com a comparsa por sinais. Em dado momento, a primeira cobre a bolsa da vítima com um casaco e, com a mão também coberta, passa a vasculhar. São várias tentativas até encontrar a carteira.

O que diz a polícia

Conforme a delegada Ana Luísa Aita Pippi, titular da 1ª Delegacia de Polícia de Santa Cruz, a Polícia Civil está começando a investigar os casos, através das imagens registradas pelas câmeras de segurança. A delegada preferiu não passar mais detalhes. 

Outro caso em loja de roupas

Na quarta-feira da semana passada, as câmeras de segurança de uma loja da Rua Marechal Floriano, em Santa Cruz, registraram como acontece o furto de roupas dos estabelecimentos. Por volta das 13h45, duas mulheres entraram na loja e ficaram circulando pelos expositores. Uma terceira ficou na rua olhando a vitrine e entrou depois. Em seguida, uma quarta comparsa entrou com uma sacola grande, dentro da qual havia uma caixa de papelão, embrulhada como se fosse um presente. O pacote, porém, estava vazio e tinha uma abertura.

As câmeras registraram o momento em que a ladra abre a caixa e a comparsa começa a colocar peças de roupas para dentro. As mulheres saíram da loja uma de cada vez; no entanto, quando a que levava a sacola passou pelo detector da porta, o alarme disparou. Em um segundo vídeo, é possível ver quando uma vendedora aborda a suspeita. A mulher devolve as peças furtadas, pega a caixa e sai como se nada tivesse acontecido.