Golpes 15/05/2019 10h06 Atualizado às 10h52

Polícia investiga agência de turismo por estelionato na região

Moradores de Venâncio Aires e Mato Leitão teriam sido vítimas dos golpes

Uma agência de turismo é investigada por aplicar golpes em clientes em diversos municípios do Rio Grande do Sul. Somente em Venâncio Aires, em um dos endereços da empresa, foram registrados cinco boletins de ocorrência entre essa terça e quarta-feira.

Conforme o delegado Felipe Staub Cano, as vítimas são moradores de Venâncio Aires e Mato Leitão. “Na investigação, encontrei também registros contra esta empresa em Santa Clara, Campo Bom e Novo Hamburgo, sempre com a mesma história”, contou. Em Venâncio Aires, a empresa atua desde 2013.

A contratação de um pacote de viagens, conforme o delegado, geralmente é feita com um valor abaixo do mercado. Uma das vítimas comprou um pacote de sete noites de hospedagem e passagens aéreas por R$ 999,00. “Chama atenção este valor. É preciso ficar atento, quando o preço é mais baixo que o normal. Antes de contratar, é preciso ainda verificar a idoneidade da empresa”, sugeriu.

Com a viagem marcada, as vítimas descobrem o golpe ao entrar em contato com a agência de viagens e serem informadas de que a empresa fechou as portas. Além disso, as vítimas informaram que a agência se nega a devolver o dinheiro pago pelas viagens que não vão acontecer.

O inquérito instaurado, na apuração do crime de estelionato, está na fase de diligências e recolhimento de informações. Depois, a proprietária da empresa, de 39 anos, será chamada para prestar esclarecimentos. “Pode ser que não tenha sido de má fé, mas isto a empresa vai ter a chance de provar durante o inquérito”, explicou o delegado, que não descarta nenhuma possibilidade neste momento.