Candelária 12/06/2019 14h20 Atualizado às 17h21

Polícia prende um dos três suspeitos de matar homem degolado

Outros dois homens, de 22 e 38 anos, ainda estão foragidos

A Polícia Civil prendeu um dos suspeitos de ter assassinado brutalmente Jorge Luiz Gomes da Silva, de 41 anos, no último fim de semana em Candelária. Conforme o delegado Rodrigo Marquardt da Silveira, o acusado, de 22 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso preventivamente nesta quarta-feira, 12, e encaminhado para o Presídio de Candelária. Ele não tinha antecedentes criminais. 

LEIA MAIS: Homem é degolado e corpo encontrado em plantação de milho

Os policiais foram até a casa dele nesta manhã, no Bairro Rincão Comprido, em Candelária, e não o encontraram. Segundo o delegado, ele se apresentou na Delegacia de Polícia por volta das 11h15, mas disse não ter envolvimento com o crime. Além dele, a polícia está procurando por mais dois suspeitos, de 22 e 38 anos. Os nomes também não foram informados. Os suspeitos e a vítima se conheciam. 

Os três teriam matado Silva por causa de uma desavença pessoal. A polícia ainda está investigando a motivação e o porquê da brutalidade do crime. A vítima foi localizada degolada em um milharal no último domingo, 9, às margens da RSC-287. O homem foi morto com uma arma branca e teve partes do corpo mutilado. O carro dele foi localizado incendiado na noite daquele domingo no Bairro Rincão Comprido. 

Foto: Brigada MilitarCarro foi localizado pela Brigada Militar
Carro foi localizado pela Brigada Militar