Acidentes de trânsito interferem na economia nacional

05/11/2018 07:24:49
Foto: Divulgação

Um estudo realizado com base nos dados fornecidos pela empresa responsável pelo DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, apenas entre janeiro e julho deste ano houve mais de 193 mil indenizações para vítimas de acidentes de trânsito.

Destes acidentes, mais de 64% foram de motociclistas, e no total foram 22.503 mortes, ou seja, um aumento de 7% nesses casos no período em comparação com o mesmo do ano anterior.

Esses acidentes, quando somados aos ocorridos na última década, retiraram do mercado de trabalho mais de 3,1 milhões de pessoas. Esse desfalque de profissionais causou ao mercado, apenas no ano de 2017, um impacto de mais de R$ 199 bilhões, o que representa quase 4% do PIB – Produto Interno Bruto, nacional.

Os motociclistas são os responsáveis por engrossar essa estatística

De acordo com a Seguradora Líder, a empresa responsável pelo DPVAT, os motociclistas são os principais responsáveis por engrossar essa estatística de acidentes de trânsito que tanto impacta o mercado, especialmente por eles serem as vítimas mais comuns nos casos de morte ou invalidez permanente.

No ano de 2017, 75% dos acidentes de trânsito envolvem motociclistas, sendo que dentro desta porcentagem, mais de 90% deles estão dentro da faixa etária considerada economicamente ativa. Aproximadamente 49% deles possuem entre 18 e 34 anos.

Normalmente os motociclistas que sofrem acidentes de trânsito ficam fora do mercado de trabalho por no mínimo um ano, visto que a recuperação física deste tipo de acidente é sempre mais difícil.

Medidas para mudar esse cenário

Os acidentes de trânsito estão se tornando tão frequentes que as entidades governamentais estão se referindo a eles como uma epidemia. Isso porque apenas dos meses de janeiro até agora, os prejuízos causados ao mercado por profissionais afastados devido a acidentes de trânsito já somam mais de R$ 146 bilhões.

Para reduzir esses números, o governo vem investindo em planos educacionais para evitar a imprudência no trânsito. Além disso, é possível que se invista também em fiscalizações de trânsito mais severas e punições mais altas.

Outra saída que está sendo implantada em todo território nacional é a inspeção veicular. Prevista no código nacional de trânsito desde 1998, a ITV – Inspeção Técnica Veicular, possui o objetivo de reduzir o número dos acidentes de trânsito causados por falhas mecânicas ou outros problemas relacionados aos veículos.

Como se prevenir de problemas com acidentes de trânsito?

Se você possui um veículo, independentemente do tipo ou modelo, invariavelmente está sujeito a se envolver em um acidente de trânsito. Por mais que você seja cuidadoso e respeitador das leis, nunca se sabe quando um distraído chegará do nada e acertará em cheio seu carro.

Portanto, o melhor jeito de se prevenir de problemas com acidentes de trânsito é dirigir com prudência e ficar atento às leis de trânsito.

Fonte: FENASDETRAN

Postado por Redação Portal Gaz- redacao@portalgaz.com.br
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações