Investimento 08/04/2019 22h43 Atualizado às 10h32

Informatização chegará à rede de ensino em 12 meses

A estrutura da rede envolve a Secretaria Municipal de Educação e mais 46 escolas

Um contrato firmado entre a Prefeitura de Santa Cruz do Sul e a empresa Betha Sistemas Ltda., especialista em software para gestão pública, vai permitir a informatização de toda a estrutura da rede municipal de educação. O sistema deverá ser implantado ao longo dos próximos 12 meses, quando ocorrerão as etapas de migração dos dados de todas as unidades e a capacitação de professores, diretores e demais profissionais da área.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Jaqueline Marques, a informatização da rede era um sonho acalentado há muito tempo e uma medida fundamental para tornar a gestão mais eficiente. Segundo ela avalia, economia e agilidade serão as maiores vantagens. “É como um marco, como sair de uma era para ingressar em outra. Hoje as escolas não estão interligadas à Secretaria Municipal de Educação e são necessários relatórios e planilhas mensais, tudo feito manualmente pelos nossos profissionais”, explica. “A partir da implantação desse software todas as informações que forem lançadas no sistema serão disponibilizadas de modo instantâneo, poupando muito trabalho e agilizando os procedimentos.”

Pelo contrato, a Betha, que também é a responsável pelo sistema de informatização implantado na Secretaria Municipal de Saúde, vai prestar serviços de hospedagem em datacenter dos dados e dos aplicativos de informática, licenciamento de aplicativo de gestão educacional e serviços de manutenção  e de suporte técnico para atendimento das necessidades da secretaria. O licenciamento dos sistemas de educação consiste nos módulos de gestão educacional, portal de pais e alunos, portal de professores, gestão de transporte escolar, gestão de merenda escolar e gerenciamento inteligente.

O investimento da Prefeitura é de R$ 31,7 mil para implantação do software e mais R$ 12 mil mensais. A estrutura da rede envolve a Secretaria Municipal de Educação e mais 46 escolas. Em caso de paralisação geral do sistema, a contratada se compromete com o restabelecimento em até 24 horas, a contar da notificação feita pela contratante.