Após a convocação 14/05/2018 16h30 Atualizado às 19h21

Geromel: 'Sem o Grêmio, nada disso seria possível'

Zagueiro gremista foi saudado pelos companheiros em Maturín, onde o Tricolor encara o Monagas nesta terça-feira, 15

O zagueiro Pedro Geromel, 32 anos, é o representante do Grêmio na lista dos 23 atletas convocados pelo técnico Tite para a Copa do Mundo da Rússia, que começará em junho. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira, 14, na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro.

A notícia foi recebida com festa pelo elenco que está em Maturín, na Venezuela, onde o Tricolor enfrenta Monagas nesta terça-feira, 14, às 21h30 (de Brasília), pela Copa Libertadores da América. Uma sala anexa, ao lado do restaurante do hotel, reuniu os atletas após o almoço. Eles comemoraram o anúncio aos gritos de “Geromito, Geromito, Geromito!”.

Geromel não escondeu a alegria por ter sido chamado para a Copa. “É a realização de um sonho chegar onde cheguei. Sempre trabalhando forte, sem pisar em ninguém. Estou muito feliz. (…) Sem o Grêmio, nada disso seria possível. O Grêmio me projetou a nível mundial e isso me fez chegar a Copa do Mundo. Sou muito grato”, destacou.

Tite explicou sobre a preferência pelo defensor. “O Grêmio vem apresentando um padrão de alto nível há dois anos. O Geromel mantém uma consistência, uma regularidade no desempenho. Além disso, tem a convivência, o dia a dia nos treinamentos, nos jogos, ficando ou não no banco, a linguagem corporal do atleta e sua conduta. Isso o credenciou”, salientou.

Geromel foi anunciado pelo Grêmio no final de 2013. Desde lá, foram 196 jogos, com dez gols marcados. No currículo, os títulos de campeão da Copa do Brasil de 2016, da Copa Libertadores de 2017, e da Recopa Sul-Americana e do Gauchão, ambos conquistados na atual temporada. Ele  foi eleito Craque do Brasileirão em 2016 e 2017 e escolhido o melhor zagueiro da América no ano passado pelo jornal El País, da Espanha.