Passo do Sobrado 16/04/2019 13h08 Atualizado às 18h35

Vereador é acusado de bater em funcionário público com relho

Vítima seria um dentista concursado

Um funcionário público de Passo do Sobrado procurou a Delegacia de Polícia na manhã desta terça-feira, 16, para registrar um caso de lesão corporal. Na ocorrência, o dentista concursado, que trabalha em um posto de saúde do município, relata que teria sido agredido com um relho pelo vereador Valdir Pacheco (PTB). Os dois estariam dentro da unidade de atenção básica no momento da agressão.

Procurado pela reportagem da Gazeta do Sul, o vereador informou que esteve em Santa Cruz do Sul durante toda a manhã dessa terça-feira, e que ficou sabendo da acusação por telefone. “Eu não estava sabendo de nada até que começaram a me ligar. Estava em um compromisso na Promotoria Pública até o meio-dia e vou retornar para Passo do Sobrado agora”, comentou por volta das 16h15. 

Questionado sobre as fotos disponibilizadas pelo funcionário público, que mostram marcas da suposta agressão, o parlamentar disse não serem verdadeiras. “Uma pessoa, quando quer incriminar a outra, faz qualquer coisa.” Segundo Pacheco, ele e o dentista não teriam nenhuma desavença. “É um bom colega. Eu nunca tive desavença com ninguém.” Ainda segundo o vereador, ele irá tomar providências sobre o caso. “Deve ter imagens no local, vou falar com o meu advogado.”

O secretário de Saúde do Município, Emanuel Helfer Kroth, disse que estava na unidade, que fica no mesmo local da secretaria, mas não teria presenciado o fato. “Sou totalmente contra a violência e estamos tomando as medidas cabíveis para apurar os fatos”, diz. Ele afirma que as medidas foram tomadas conforme o regimento administrativo e o que a secretaria quer o esclarecimento dos fatos.

Conforme o delegado Luciano Menezes, que responde pela DP de Passo do Sobrado, o crime pode ter tido motivações políticas. O caso deve ser remetido ao Poder Judiciário ainda nesta terça-feira.