Candelária 08/05/2019 14h43 Atualizado às 15h03

Motorista de acidente com duas mortes é transferido em estado grave

Danrlei Knak ficou ferido em uma colisão que matou a mãe dele e a tia-avó; ele foi removido de Candelária para o Hospital de Canoas

O jovem Danrlei Knak, de 23 anos, foi transferido do Hospital Candelária em estado grave para o Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPS) na tarde desta quarta-feira, 8. A remoção foi feita às 13h25 pela ambulância do Samu. Ele era o condutor de um dos veículos que se envolveu em um acidente de carro nesta manhã na RSC-287, próximo ao trevo de acesso à Candelária, em frente ao Posto Lago Azul. 

LEIA MAIS: Acidente com três carros deixa duas pessoas mortas na RSC-287

A colisão entre um Fiesta, um Cruze e um Volvo C30 matou a mãe de Danrlei, Rosane Valeria Minks Knak, de 54 anos, e a tia-avó do rapaz, Frieda Knak, de 90 anos. Frieda morreu no local e Rosane foi encaminhada por uma ambulância da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) para o Hospital Candelária. No entanto, não resistiu aos ferimentos e também morreu. 

Como foi o acidente
Os três seguiam por volta das 8 horas em um Fiesta pela RSC-287, quando o carro teria invadido a pista contrária e colidido na lateral de um Cruze. O segundo carro foi arremessado para um barranco. Com a colisão, o Fiesta bateu de frente com um Volvo C30.

Frieda Knak, de 90 anos, morreu no local e a sobrinha de Frieda, Rosane Valeria Minks Knak, de 54 anos, foi levada para o hospital e morreu na casa de saúde. Frieda estava no banco traseiro e Rosane era caroneira. Danrlei Knak estava conduzindo o carro e foi levado para o Hospital Candelária e depois transferido em estado grave para o Hospital de Canoas.