No ano passado 24/05/2019 14h57 Atualizado às 15h11

RGE registra 120 colisões contra postes em Santa Cruz

Número representa uma redução de 6% desse tipo de situação em relação a 2017

No mês conhecido como Maio Amarelo, voltado para ações de prevenção em segurança no trânsito, um levantamento divulgado pela RGE aponta que o número de colisões contra postes em Santa Cruz do Sul reduziu 6% na comparação de 2017 com 2018, caindo de 127 para 120. Entretanto, o estudo mostra que em toda a área de concessão, essas ocorrências aumentaram 11,5% na comparação com 2017. Somente no ano passado, a distribuidora do Grupo CPFL registrou 5,1 mil colisões contra postes, causando interrupções no fornecimento de energia. Foram 600 colisões a mais do que em 2017. 

As colisões de veículos contra postes, geralmente causam danos consideráveis na rede elétrica. Além disso, quando um veículo colide em um poste, mesmo que não quebre a estrutura, um bairro ou até uma cidade inteira podem ficar sem energia elétrica. Casos em que o acidente atinge um poste de um circuito de média tensão, por exemplo, milhares de clientes conectados nessa rede podem ser afetados. 

Dessa forma, os acidentes de trânsito estão entre as principais causas de interrupção no fornecimento de energia elétrica. Quando se trata de colisão, a média é de três postes substituídos por dia, o que, além dos transtornos pela falta de luz, provoca gastos de aproximadamente R$ 12 mil diários, totalizando mais de R$ 4 milhões ao ano para a distribuidora. 
 

Foto: Reprodução