Junho violeta 05/06/2019 16h31 Atualizado às 18h12

Santa Cruz já tem 200 casos de violência contra os idosos

Número é referente a casos que chegaram ao conhecimento da Prefeitura desde o início do ano

Santa Cruz do Sul terá uma programação especial, em junho, relacionada à conscientização e prevenção da violência contra os idosos. A abertura da campanha Junho Violeta, que tem como tema local Violetas contra a violência, ocorreu no início da tarde desta quarta-feira, 5, no Centro Integrado de Segurança Pública.

Durante o evento, além da apresentação do Conselho Municipal do Idoso e orientações jurídicas sobre a violência contra a pessoa idosa, com o advogado e coordenador do Centro de Referência em Assistência Social (Creas), Juliano do Nascimento Garcêz, foi apresentado um dado que chama atenção. Desde o início do ano, 200 casos de violência contra pessoas idosas chegaram ao conhecimento da Prefeitura. 

LEIA MAIS: Mulher de 77 anos é resgatada pela Polícia após denúncia de maus-tratos

“Tem a violência familiar que preocupa muito e ainda a violência financeira, casos em que as pessoas de mais idade são induzidas a fazer empréstimos nas contas de benefício e quando chega o fim do mês, às vezes, não têm um recurso para custear um medicamento ou para o próprio sustento”, explica que o presidente do Conselho Municipal do Idoso, Wilsom David, em entrevista à Rádio Gazeta

Ainda de acordo com ele, o objetivo das atividades é prevenir os casos de violência conta esse grupo e também informar a comunidade. “Estamos trabalhando para que a nossa população se conscientize que o idoso precisa de um espaço e ele tem um direito de ir e vir assim como os outros cidadãos brasileiros”, observa. As atividades são realizadas no mês de junho em razão do Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado no dia 15 de junho.

LEIA MAIS: Documentário mostra realidade de asilos em Cachoeira do Sul

Ações

A programação do Junho Violeta segue durante o mês. No dia 12, a partir das 9 horas, será realizada uma caminhada pela conscientização da violência contra a pessoa idosa. Os participantes caminharão da Praça Getúlio Vargas até a Praça da Bandeira. Para o dia 15, estão sendo preparadas ações especiais na Praça Getúlio Vargas, em parceria com o Projeto Maturidade Esportiva e Projeto Reativar, da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Esporte, Coral da Associação de Grupos e Clubes da Terceira Idade.

Entre os dias 15 e 22, acontecerá a mostra fotográfica Marcas do Tempo no Shopping Santa Cruz. Além disso, para o dia 19, às 14h30, está agendada uma roda de conversa sobre Dignidade e Respeito para com a pessoa idosa no Memorial da Unisc. Por fim, no dia 27, a partir das 15 horas, será realizado o Chá Beneficente em prol da Associação de Auxílio aos Necessitados de Santa Cruz do Sul (Asan) na Comunidade Evangélica do Centro.