Política 26/11/2018 12h36 Atualizado às 18h38

Gaúcho será novo secretário de governo de Bolsonaro

O general-de-divisão Carlos Alberto dos Santos Cruz assumirá a pasta que tem status de ministério

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou nesta segunda-feira, 26, o general-de-divisão Carlos Alberto dos Santos Cruz como novo secretário de governo. O órgão tem status de ministério. O oficial irá assumir a função que hoje é desempenhada pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS).

LEIA MAIS: Bolsonaro faz exames para retirada da bolsa de colostomia

A principal missão de Cruz será a articulação com o Congresso Nacional e partidos políticos e o diálogo com estados e municípios. É também através da Secretaria de Governo que o futuro presidente vai estabelecer relações com organizações civis e entidades representativas da juventude. Cruz ocupou a Secretaria de Segurança Pública durante o governo do presidente Michel Temer (MDB), entre 2017 e 2018, e foi apontado como o possível ocupante do mesmo cargo no futuro governo.

Nascido na cidade de Rio Grande (RS), em junho de 1952, o general formado na Academia Militar das Agulhas Negras (Resende/ RJ) comandou as tropas da ONU na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti, de 2007 a 2009. Cruz também fez parte do grupo de conselheiros da ONU para a revisão do reembolso aos países contribuintes de tropas em missões de paz.

Quando entrou para a reserva do Exército Brasileiro em dezembro de 2012, assumiu a chefia de assuntos militares da Secretaria de Assuntos Estratégicos(SAE) da Presidência da República. No ano seguinte, voltou para a ativa, designado pelo secretário geral da ONU, como comandante das tropas na Missão das Nações Unidas para a Estabilização da República Democrática do Congo (Monusco).