Educação 09/07/2018 22h30 Atualizado às 08h46

Estante de Histórias traz livros para três escolas de Santa Cruz

Projeto apoiado pela Alliance One atende instituições de ensino dos três estados do Sul para incentivar o gosto pela leitura

Entre estantes de livros, a possibilidade de viajar o mundo sem sair da sala de aula. Entre linhas, a oportunidade de enxergar a vida de um jeito diferente. Com a proposta de incentivar o gosto pela leitura e promover um resgate cultural, nasce a segunda edição do projeto Estante de Histórias, realizado pela VR Projetos Culturais, com apoio da Alliance One Brasil. Neste ano, entre as 18 escolas contempladas, três são de Santa Cruz do Sul.

Ainda nesta semana, as instituições municipais de ensino Rio Branco, Cardeal Leme e Christiano Smidt, do interior, deverão receber estantes personalizadas, repletas de cem livros voltados à literatura infantil. Além disso, também serão presenteadas com mais de 20 adereços de contação de histórias que acompanham as unidades.
Assim como a leitura, o projeto beneficia diferentes grupos. Além da entrega dos móveis aos estudantes, os professores também têm a oportunidade de participar de oficinas. Na tarde de ontem, um grupo de 50 docentes participou de uma capacitação com a jornalista Cristiane Ostermann, realizada no auditório da Secretaria Municipal de Educação. Na manhã desta terça-feira, outros 50 profissionais serão recebidos no mesmo local para a troca de conhecimentos.

Filha de professores, Cristiane acredita no papel de iniciativas como o Estante de Histórias para a formação de leitores e também de cidadãos. De acordo com ela, o objetivo também é reforçar o papel de cada um, desenvolvido no meio escolar. “Aqui nós temos a chance de motivá-los, de lembrar que cada um deles tem um papel muito importante na sociedade e que podem, sim, fazer a diferença na vida das pessoas”, afirma.

Foto: Lula HelferColégios receberam unidades personalizadas com cem títulos de literatura infantil
Colégios receberam unidades personalizadas com cem títulos de literatura infantil

 

RESULTADO

Se depender da professora de Artes Thaís Hohl, a oficina cumpriu com o seu objetivo. Há mais de 30 anos trabalhando em sala de aula, ela acredita que a prática de ler permite conhecer a humanidade do sujeito. “Ler é viajar, conhecer pessoas. Ler é emoção:, afirma a educadora, que também trabalha com a Hora do Conto na Escola Menino Deus.

Para a secretária de Educação de Santa Cruz do Sul, Jaqueline Marques, projetos como o Estante de Histórias são indispensáveis para fomentar a leitura. De acordo com ela, além da iniciativa ser muito bem-vinda, ela amplia a oferta de atividades.

O projeto cultural Estante de Histórias é realizado desde 2017 no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Na primeira edição ele beneficiou dez escolas, dentro dos municípios atendidos pela Alliance One. O público-alvo são crianças em torno de 10 anos, que conhecem obras de autores conceituados da literatura infantil.